SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Senador defende investimentos em infraestrutura

Para ele, deficiências no setor reduzem competitividade do Brasil.
“Infraestrutura é fator de desenvolvimento econômico e social de um país”. A avaliação é do senador Wellington Fagundes (PL-MT), durante o Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária realizada pela Brasil Export nestas segunda e terça feiras, em Brasília. Segundo o parlamentar, os países mais desenvolvidos contam com melhor infraestrutura, o que garante competitividade dos produtos no mercado internacional. “Essa não é a realidade de Mato Grosso” disse, ao citar as distâncias entre as áreas de produção agrícola e os portos para escoamento das comoddities. “Perdemos competitividade. O transporte de cargas pelas rodovias ainda contribui para o grande número de acidentes em nossas estradas”, diz.
Presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura, Wellington Fagundes lembra que o cenário brasileiro não se mostra promissor ao citar os investimentos previstos pelo Ministério dos Transportes, que é de R$ 7,77 bilhões para o ano que vem. A Confederação Nacional dos Transportes acredita ser ideal um investimento de R$ 491 bilhões em 921 projetos de infraestrutura de transportes no Brasil.
“Sabemos das dificuldades financeiras do governo federal”, lembra. Por isso, defende a busca de parcerias internacionais, mas desde que se ofereça segurança jurídica. “São investimentos de grande volume e ninguém quer correr riscos”.
“A infraestrutura é a base para um país mais forte e competitivo”, disse, ao defender a aprovação de projeto de Lei de sua autoria (PEC 39/2015), que estabelece impedimentos para que mudanças em contratos de concessão e de permissão de serviços públicos sejam feitas por decretos ou medida provisória.
Da assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos