Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação

Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação
Av. Rui Barbosa, S/N- Jardim Universitrio, Cuiabá - Mato Grosso. As informações de contato se encontram no (65) 99293-3962

Vereador Didimo Rodrigues Vovó

Vereador Didimo Rodrigues Vovó
Trabalhar por uma Cuiabá melhor

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

Senado Federal

Senado Federal
Para saber mais sobre essa unificação, clique aqui.

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Senador defende investimentos em infraestrutura

Para ele, deficiências no setor reduzem competitividade do Brasil.
“Infraestrutura é fator de desenvolvimento econômico e social de um país”. A avaliação é do senador Wellington Fagundes (PL-MT), durante o Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária realizada pela Brasil Export nestas segunda e terça feiras, em Brasília. Segundo o parlamentar, os países mais desenvolvidos contam com melhor infraestrutura, o que garante competitividade dos produtos no mercado internacional. “Essa não é a realidade de Mato Grosso” disse, ao citar as distâncias entre as áreas de produção agrícola e os portos para escoamento das comoddities. “Perdemos competitividade. O transporte de cargas pelas rodovias ainda contribui para o grande número de acidentes em nossas estradas”, diz.
Presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura, Wellington Fagundes lembra que o cenário brasileiro não se mostra promissor ao citar os investimentos previstos pelo Ministério dos Transportes, que é de R$ 7,77 bilhões para o ano que vem. A Confederação Nacional dos Transportes acredita ser ideal um investimento de R$ 491 bilhões em 921 projetos de infraestrutura de transportes no Brasil.
“Sabemos das dificuldades financeiras do governo federal”, lembra. Por isso, defende a busca de parcerias internacionais, mas desde que se ofereça segurança jurídica. “São investimentos de grande volume e ninguém quer correr riscos”.
“A infraestrutura é a base para um país mais forte e competitivo”, disse, ao defender a aprovação de projeto de Lei de sua autoria (PEC 39/2015), que estabelece impedimentos para que mudanças em contratos de concessão e de permissão de serviços públicos sejam feitas por decretos ou medida provisória.
Da assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos