TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Emanuel defende realização de plebiscito para que população decida sobre VLT e BRT

A ideia foi apresentada nesta quinta-feira (04), em audiência pública da Assembleia Legislativa.
O prefeito Emanuel Pinheiro defendeu a realização de um plebiscito para que a população de Cuiabá e Várzea Grande possam participar da escolha entre a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou Bus Rapid Transit (BRT). Aderindo a campanha “Plebiscito Já”, o chefe do Executivo municipal destacou que a criação de uma votação, no prazo de 90 dias, é o melhor caminho para definição sobre qual o melhor modal a ser implantado nas duas cidades.
A ideia para que o povo escolha o melhor meio de transporte público surgiu durante a audiência pública sobre a troca do VLT pelo BRT, que ocorreu na tarde desta quinta-feira (4), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, foi quem apresentou a proposta aos participantes.
"O deputado Emanheulzinho e a vereadora Edna Sampaio, deram o tom a essa audiência. A prefeitura a partir de hoje, vai abraçar a causa do 'Plebiscito Já'. Queremos ouvir o povo cuiabano, ouvir os grandes interessados. Então uma consulta popular ouvindo quem vai escrever uma nova história na nossa Capital. Vou fazer um apelo aos deputados Elizeu Nascimento, Valdir Barranco e ao presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, em respeito a nossa gente e ao nosso povo, vamos deixar a sociedade ser ouvida e participação nas decisões do Estado", pediu.
Conforme Emanuel, na Constituição Estadual no Art. 6º, está detalhado que o plebiscito deve ser convocado pelo parlamento estadual e oito deputados devem assinar a proposta para criação de um referendo. "Vai poder ter uma campanha na TV, nas mídias virtuais e rádios, por exemplo, 5 minutos pra quem é a favor e contra. Vamos democratizar essa discussão. Também teremos oportunidade de poder esmiuçar, debater a tarifa, onde está dando certo ou errado, manutenção e em que pé está o VLT aqui", propôs.
Por fim, Pinheiro adianta que nessa sexta-feira (5) irá procurar o prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat, para aderir à campanha 'Plebiscito Já'. "Vou pedir para o prefeito Kalil aderir a esta campanha para ouvir a população várzea-grandense, ouvir aqueles que irão usar o transporte público", concluiu.
Assessoria/Caminho político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos