TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

ESPAÇO DA MULHER: Produtora cultural realiza prêmio para artistas negros e indígenas; inscrições até quarta

O projeto foi aprovado em edital da Lei Aldir Blanc em Cuiabá, realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do Conselho Municipal de Política Cultural. O projeto Negócio da Arte (Nega) está com inscrições abertas para intérpretes e interessados em ativar seu lado empreendedor criativo. Até esta quarta-feira (10), artistas podem se inscrever gratuitamente para o 1º Prêmio de Música Nega Mato, que vai premiar um intérprete, priorizando candidatas mulheres ou transgênero, com R$ 1 mil, uma sessão de fotos para divulgação com o conceituado Rodolfo Luiz e ainda, ter um single gravado com acompanhamento do produtor musical, Rogê Além. Além da premiação, o programa prevê também a capacitação de outras 20 pessoas na elaboração de projetos para concorrer a editais no segmento musical.
Criado para impulsionar iniciativas culturais de realizadores negros e indígenas, o Nega foi aprovado em edital da Lei Aldir Blanc em Cuiabá, realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do Conselho Municipal de Política Cultural.
Segundo o regulamento, os interessados em concorrer ao prêmio devem ser negros ou indígenas, morarem em Cuiabá e serem intérpretes. O formulário online está disponível AQUI. Além de responder ao questionário, candidatos devem enviar arquivo ou link que direcione para vídeo em que interprete uma música.
A idealizadora do projeto, Julianne de Quadros ressalta que a curadoria atribuirá critérios e pontuações extras para candidatas mulheres ou transgêneros, que toquem instrumento e que ainda, sejam autores da música do vídeo apresentado na proposta.
“Para descomplicar, dá para gravar em vídeo pelo próprio celular, não precisa ser nenhuma gravação profissional. Já sobre a pontuação, vale ressaltar, boa parte dos pontos são garantidos mesmo pelo talento, desenvoltura, afinação e performance”, destaca.
A oficina de produção cultural será ministrada também pela idealizadora do projeto, que possui grande conhecimento técnico da área de gestão de projetos e prestação de contas.
“Precisamos fomentar a ampliação do número de realizadores negros e indígenas, pois afinal, propostas boas não faltam. Trabalhando esse tipo de capacitação acabamos por fortalecer a autoestima e artistas confiantes têm muito mais chances de empreender na área da economia criativa. Que todos saiam com projeto pronto e quiçá, uma nova ideia que possa vir a ser uma fonte de renda”.
As aulas serão online e os inscritos serão divididos em duas turmas. A ideia é mostrar como elaborar projetos e planos de ação, captar recursos e prestar contas, além de abordar diversos temas do empreendedorismo criativo. Para se inscrever nas oficinas – que dão direito a certificado de 20h – basta acessar AQUI.
Canal no YouTube
Em preparação às atividades do Nega, Julianne de Quadros tem produzido vídeos informativos sobre empreendedorismo criativo e exibe entrevistas com agentes da cultura. Além disso, vai usar o canal para falar sobre editais, elaboração de projetos e prestação contas.
Acesse AQUI  para assistir ao vídeo que explica o que é a Lei Aldir Blanc.
Julianne Quadros é contadora pela Universidade de Mato Grosso (Unemat), atua na produção cultural há 13 anos e há dez, é analista de desenvolvimento econômico e social do Governo de Mato Grosso.
Serviço
Nega (Negócio da Arte) realiza:
1º Prêmio de Música Nega Mato com inscrições até 10 de fevereiro
Oficinas de produção cultural: 1º grupo entre os dias 23 e 26 de fevereiro, das 13h30 às 15h30 e 2º grupo entre os dias 27 e 28 de fevereiro, das 8h às 12h
Mais informações: (65) 99686-5898 ou negamato@gmail.com / Instagram: @negociodaarte
Com assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos