TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Idosos, índios e quilombolas em MT são ‘bombardeados’ com fakenews sobre vacina

Senador Wellington Fagundes cobrou do ministro da Saúde e do Governo Federal ações contra notícias falsas e mais eficiência na vacinação.
Ao defender a necessidade de vacinação em massa da população, com aquisição de vacinas “onde tiver e pelo preço que estiver”, o senador Wellington Fagundes (PL-MT) denunciou que idosos, índios e quilombolas em Mato Grosso estão sendo ‘bombardeados’ por notícias falsas sobre a vacina contra a Covid-19. A situação foi apresentada nesta quinta-feira, 11, ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em sessão temática no Senado.
O ministro foi chamado para explicar as ações do Governo no combate à pandemia. Os senadores cobraram de Pazuello a promessa de que toda a população brasileira será imunizada até o final deste ano contra a covid-19. Em resposta, o ministro garantiu que a vacinação será concluída em 2021, com 50% da população vacinada até junho; 50%, até dezembro. “Esse é o nosso desafio e é o que nós estamos buscando e vamos fazer” – disse.
Em sua intervenção, o senador Wellington Fagundes ressaltou que Mato Grosso registrou 229.312 casos confirmados de coronavírus e 5.380 óbitos pela doença até o dia 10 de fevereiro. No entanto, considerou aquém o número de vacinados: 19.210 pessoas entre trabalhadores da saúde e idosos com 85 anos de idade ou mais já foram vacinados em Cuiabá. “Quer me parecer que estamos muito aquém de um número razoável e isso vem angustiando a população” - observou.
Fagundes cobrou providências do Ministério da Saúde para avançar na aquisição das vacinas e pediu atenção especial para com os indígenas e quilombolas, além dos idosos. Ele observou que o Estado tem uma das maiores populações de povos tradicionais e lembrou o intenso trabalho realizado para reduzir os impactos da pandemia sobre os indígenas.
Líder do Bloco Parlamentar Vanguarda, Wellington pediu atenção do Ministério da Sáude e do próprio Governo no combate às fakenews sobre a vacina. Junto com os idosos, indígenas e quilombolas, de acordo com o senador, vem recebendo forte carga de notícias falsas que tem como objetivo desestimulá-los a se vacinarem. “Chegamos ao ponto de disseminarem entre os idosos que a vacina causa câncer. Uma loucura isso” – disse o senador mato-grossense.
Wellington enfatizou ainda a angústia do povo brasileiro e voltou a pedir ao ministro da Saúde e ao Governo uma atuação mais voltada às bases. “É claro que vir aqui fazer a cobrança de forma veemente é o que todos esperam, mas também nós temos que ter um equilíbrio neste momento e, acima de tudo, buscarmos ser parceiros. Eu sou um municipalista convicto, porque é no Município que as pessoas vivem. Então, eu tenho certeza de que, mais do que nunca, a solução está na parceria entre o Governo Federal, o Governo do Estado e os Municípios” – explicou.
Homenagem póstuma
Antes de interpelar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o senador Wellington Fagundes prestou homenagem a dona Amália Curvo de Campos, mãe do senador Jayme Campos (DEM-MT) e do ex-senador e ex-governador Julio Campos, que faleceu na noite de quarta-feira por complicações relacionadas à Covid-19. Amália Campos tinha 96 anos e estava aguardando pela vacinação.
O legado deixado por Dona Amália foi destacado pelo senador mato-grossense. A participação ativa na política do Estado, segundo o senador, “é uma inspiradora história que deve ser reconhecida por todas as mulheres como um caminho a ser trilhado para a luta que as mulheres empreendem em busca de igualdade”.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Pedro França/Agência Senado
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos