DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 16 de março de 2021

Medeiros propõe audiência pública na Câmara Federal para discutir o VLT

Deputado defende que o Governo Federal conclua a obra do VL.
Membro titular da Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal, o deputado José Medeiros (Podemos) pretende realizar uma audiência pública para discutir a situação da obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande e a proposta o Governo de Mato Grosso em substituir o modal pelo BRT (Bus Rapid Transit). Defensor da conclusão do VLT, Medeiros afirma que a imposição pelo BRT vai fazer com que Mato Grosso tenha um prejuízo de R$ 1 bilhão, valor este que já foi investido na obra de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos.
“Há quase oito anos, a população cuiabana e várzea-grandense espera a conclusão dessa obra, que deveria ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014. Já se passaram três governadores e ninguém fez nada. O dinheiro está depositado e nós estamos pagando juros. Estão querendo jogar no lixo mais de R$ 1 bilhão. Por isso, vou propor que a Comissão de Viação e Transportes da Câmara discuta o assunto e ajude a evitar que o povo mato-grossense saia ainda mais prejudicado, ficando sem um transporte público de qualidade e com um prejuízo de mais um bilhão”, diz o parlamentar.
A intenção de José Medeiros é convocar o governador Mauro Mendes (DEM), os prefeitos de Cuiabá e Várzea Grande, representantes da Caixa Econômica Federal, do Governo Federal, do Consórcio VLT e do Movimento Pró-VLT para debater o assunto. “Em função da pandemia, estamos analisando se a audiência será presencial ou virtual, mas ela precisa acontecer antes que a imposição do Governo de Mato Grosso pelo BRT prejudique e atrase ainda mais a conclusão do VLT. A briga política, especialmente do governador com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e os interesses empresariais podem enterrar definitivamente com o sonho da população de ter um transporte moderno e de qualidade. Não podemos permitir que Cuiabá e Várzea Grande fiquem à mercê de grupos que querem lucrar com a não conclusão do VLT”, frisa.
Federalização
Medeiros, que já levou ao conhecimento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a situação das obras inacabadas em Mato Grosso, em especial a do VLT, revela que na audiência pública será analisada também a proposta do Governo Federal concluir a implantação do VLT em parceria com as prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande.
“O Movimento Pró-VLT defende que o Governo Federal assuma a obra do VLT. Por esta razão, solicitei a federalização da obra ao presidente Bolsonaro, uma vez que a inoperância e o descaso do Governo de Mato Grosso com o dinheiro público são evidentes”, conclui Medeiros.
Assessoria/Caminho político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos