Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação

Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação
Av. Rui Barbosa, S/N- Jardim Universitrio, Cuiabá - Mato Grosso. As informações de contato se encontram no (65) 99293-3962

Vereador Didimo Rodrigues Vovó

Vereador Didimo Rodrigues Vovó
Trabalhar por uma Cuiabá melhor

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

Senado Federal

Senado Federal
Para saber mais sobre essa unificação, clique aqui.

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Emanuel Pinheiro Neto questiona governo sobre baixo ranking de vacinação de MT

O Deputado Federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT) protocolizou na última quinta (15) um requerimento cobrando explicações do Ministério da Saúde sobre o baixo ranking de vacinação de Mato Grosso na imunização contra Covid-19. Somente 10% da população adulta mato-grossense recebeu a primeira dose até agora e o estado é atualmente o penúltimo na lista de 27 unidades federativas a avançar na vacinação, perdendo apenas para o Amapá.
“São muitas as perguntas e a população merece uma resposta, merece saber quando é que esse problema será resolvido. A gente quer saber porque é que Mato Grosso é um dos últimos nesse ranking de vacinação, quando estados vizinhos recebem as doses e ainda estão entre os primeiros. Não dá pra entender os critérios e o tempo está passando, as pessoas precisam ser imunizadas com urgência”, cobrou o deputado.No documento, o parlamentar questiona especialmente três pontos ao Ministro Marcelo Queiroga:
Critérios na distribuição de Imunizantes contra a Covid-19, para os Estados, com análise ao Estado de Mato Grosso;
Mato Grosso ser um dos estados que menos vacinou contra a Covid-19;
Dentro do Plano Nacional de Vacinação, qual é o plano de chegada para novos imunizantes contra a Covid-19 para MT
Mato Grosso teve um aumento de 140% em mortes por Covid-19 e 51% em casos confirmados em 26 dias de medidas restritivas. No mês de fevereiro, a média de mortes diárias foi de 23,46%, sendo que, em março aumentou para 56,3%3, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde.
Nesse período,a taxa de vacinação no estado subiu para 4,49%. Porém, o resultado ainda é irrisório se comparado a 1 milhão e 100 mil pessoas que fazem parte dos grupos prioritários de MT, estabelecidos pela OMS.
A pandemia veio como um susto pra todo mundo e mesmo sem saber como lidar com o inimigo invisível, conseguimos articular rapidamente recursos para o estado e ajuda para os municípios. O objetivo sempre foi salvar vidas e continuaremos fazendo o que estiver ao nosso alcance por MT, mas agora a conversa é com o governo federal e do estado que precisam urgentemente responder, mostrar planejamento e mais, vacinar as pessoas sem delongas e guerrinhas políticas”, disse.
O Ministro tem 30 dias após o recebimento do ofício para responder ao questionamento de Emanuel Pinheiro Neto. Uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19, com 85.050 doses, deve chegar ao estado nessa sexta (16), segundo o Ministério da Saúde.
Para continuar acompanhando e fiscalizando sobre o andamento da imunização em Mato Grosso, faça parte da nossa lista de transmissão no WhatsAapp.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos