Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

domingo, 23 de maio de 2021

EFETIVAÇÃO E PREVIDÊNCIA: Presidente da AL pede prioridade para situação dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias

Maluf acredita que em 30 dias os trabalhos da Comissão Especial de Fiscalização serão concluídos, dando agilidade às análises.O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), está acompanhando os trabalhos da Comissão Especial de Fiscalização do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) quanto ao levantamento acerca da situação dos agentes comunitários de saúde (ACS) e dos agentes de combate às endemias (ACE) nos municípios mato-grossenses, especialmente quanto à efetivação no cargo e às questões previdenciárias. Russi se reuniu nesta quinta-feira (20) com o presidente do TCE, Guilherme Maluf.
Maluf assegurou que o tribunal está priorizando as tratativas e acrescentou que, atualmente, o estado possui mais de 7 mil profissionais da categoria, atuando nos 141 municípios. “Esse já é um assunto que nós estamos tratando como prioridade e o presidente Max está nos cobrando a resolução desse assunto. Eu acredito que nos próximos 30 dias nós vamos concluir esse trabalho”, avalia.
Em documento entregue ao presidente da corte de Contas, Max Russi ressaltou a relevância social da categoria e manifestou total apoio para que os problemas relacionados, inclusive quanto à certificação dos ACSs e ACEs, sejam resolvidos de forma definitiva.
“Há tempos os agentes têm buscado essa valorização tão merecida, que eu considero a ponta da lança da saúde pública. Tenho plena certeza de que, com a atuação do presidente Maluf, assim como a do Parlamento, logo iremos efetivar uma ação mais consistente”, destacou.
Max Russi tem encampado diversas frentes que possam valorizar o trabalho desempenhado pelos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias em Mato Grosso. A última de suas ações em benefício da categoria foi a condução da implantação do curso de formação profissional Técnico em Agente Comunitário de Saúde (TACS), que está sendo ofertado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio da Escola do Legislativo e com apoio do governo estadual. A intenção da qualificação é melhorar a preparação dos ACSs e ACEs para as demandas atuais do mercado.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos