PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

CRECI-MT

quarta-feira, 2 de junho de 2021

Coren-MT participa de ato em defesa do piso nacional e da jornada de 30h semanais

O Coren-MT participou, nesta quarta-feira (02.05), do ato em defesa do PL 2564/2020, do senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que reuniu cerca de 1,6 mil pessoas em passeata pelas ruas de Cuiabá. Os manifestantes saíram da Praça Alencastro, em frente à prefeitura, e percorreram as principais avenidas do Centro num grande abraço à Capital.
O PL tramita no Senado Federal, com apoio da maioria dos senadores, e fixa piso salarial nacional para a enfermagem, além de regulamentar a jornada semanal de trabalho em 30 horas. Embora tenha recebido parecer favorável da relatora senadora Zenaide Maia (PROS RN), e tramite com pedido de urgência para votação, assinado pela maioria dos parlamentares, o projeto não entrou em pauta. O presidente da Casa de Leis, Rodrigo Pacheco (DEM/MG), negou a urgência e ainda não decidiu quando o “piso” será votado.
“Infelizmente estamos diante de uma guerra política: de um lado os trabalhadores da saúde [enfermagem] sobrecarregados, exaustos e desvalorizados, do outro os interesses econômicos que fazem lobby junto a vários políticos para que o projeto não seja votado. Inclusive, há muitas lideranças, como o presidente do Senado (Rodrigo Pacheco), prefeitos e governadores que são contrários à sua aprovação, desconsiderando a nossa essencialidade no processo de cuidar da saúde da sociedade. Por constituirmos segunda maior categoria profissional em atividade no país, com mais de 2 milhões de trabalhadores, a lógica está na consideração do ônus ao setor público e ao prejuízo (lucro) no setor privado com a aprovação do PL! A enfermagem não quer mais pagar esta conta!”, disse o presidente do Coren-MT, Antônio César Ribeiro.
“Somos homens e mulheres trabalhadores e o custo operacional na prestação do serviço de saúde, que não pode prescindir da nossa ação profissional, não é problema nosso! Não podemos aceitar esta situação e vamos continuar nos posicionando, indo às ruas mostrar à sociedade a verdade e chamando a atenção para a necessidade da aprovação deste projeto que trará o mínimo de dignidade e respeito aos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem”, completou.
A conselheira secretária do Coren-MT, Lígia Cristiane Arfeli, que atua no setor de regulação do Samu na capital, participou ativamente da manifestação.
“O Coren-MT, em que pese a limitação das suas atribuições na seara sindical, sempre esteve do lado dos profissionais da enfermagem e conhece a luta da nossa categoria. Estamos trabalhando diuturnamente na mobilização para convencer os agentes políticos da necessidade de aprovação deste PL 2564/2020. Junto com o Sinpen-MT, conseguimos o apoio dos três Senadores da bancada do nosso Estado e de alguns dos deputados federais e estaduais para que convençam seus pares a abraçarem a enfermagem neste momento histórico”, explicou.
“Estamos lutando há mais 20 anos pela regulamentação do nosso piso salarial e pela jornada de 30 horas semanais. Não vamos medir esforços para que isso ocorra e jamais fugiremos à esta luta que não é só da enfermagem, mas de toda sociedade da qual sempre cuidamos. Neste momento, a enfermagem somos todos nós!”, concluiu.
A passeata foi organizada pelo Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso (Sinpen-MT) com apoio do Coren-MT e da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn-MT) e outras organizações.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos