PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Pinheiro defende democracia com plebiscito para escolha de modal de transporte e busca diálogo com TRE

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, defende a realização de um plebiscito com a população de Cuiabá e Várzea Grande para consultar sobre a preferência do modal de transporte, o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) ou Ônibus de Trânsito Rápido (BRT). Para o chefe do Executivo Municipal, a iniciativa visa inserir a vontade da população na escolha. A realização do plebiscito já foi aprovada pela Câmara de Vereadores, com 17 votos favoráveis. Pinheiro, nos próximos dias, deve procurar o Tribunal Regional Eleitoral para tratar do assunto.
“O povo se manifestar nas ruas tem valor democrático, ético e popular, pois quem manda é o povo. Quem decide sobre a melhor opção é a população, pois é ela quem vai utilizar o transporte coletivo”, declarou o prefeito.
O prefeito já solicitou agenda com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) e com o presidente da Câmara Municipal, vereador Juca do Guaraná para a definição da forma que será feito o plebiscito. “Os usuários do transporte coletivo devem ser ouvidos. O que acontece no Brasil é não existe a cultura da democracia participativa. A realização de plebiscitos e referendos estão previstos em lei”, defendeu Pinheiro.
O gestor lembrou ainda que quando foi realizada a nova licitação do transporte coletivo, em 2016, já constava no planejamento de execução das empresas vencedoras, que o sistema a ser instalado fosse híbrido e serviria tanto para o VLT como o BRT.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos