PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 17 de junho de 2021

PROJETO DE LEI: Deputado Claudinei propõe que prestadores de serviços forneçam dados prévios de funcionários aos clientes

Projeto de Lei do parlamentar dará seguridade à população em residências ou estabelecimentos comerciais quando acionar determinados serviços.
O Projeto de Lei de n.º 175/2019 que obriga as empresas prestadoras de serviços a encaminhar previamente aos consumidores informações sobre os funcionários que executarão os serviços demandados, foi aprovado em segunda votação, nesta quarta-feira (16), na sessão plenária da Assembleia Legislativa. A matéria é de autoria do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e será encaminhada para ser sancionada pelo Poder Executivo.
De acordo com o parlamentar, a população corre um sério risco ao acionar um serviço para atender a sua residência ou estabelecimento comercial. Ele explica que existem quadrilhas organizadas e assaltantes que se passam por funcionários de empresas prestadoras de serviços. “Isso acontece em todo país. Eles simulam que são atendentes de empresas até, às vezes, usam uniformes e conseguem enganar os clientes, se passando por empregados. Com essa proposta, em caso de qualquer dúvida, o consumidor vai poder verificar o documento do funcionário ou até ligar para a empresa e confirmar a identificação, evitando um possível roubo”, esclarece o parlamentar.
Projeto de Lei
De acordo com a matéria proposta por ele, os prestadores ficarão obrigados a comunicar os clientes, no mínimo uma hora antes do horário agendado, com o nome e número da matrícula ou registro de identidade dos funcionários que executarão o serviço solicitado. Caso não seja cumprido o que é imposto, poderá ser penalizado com multas, sendo que uma delas poderá ser revertida para o Fundo Estadual de Defesa do Consumidor de Mato Grosso (Fundecon).
Os tipos de prestação ao consumidor citados no Projeto de Lei são referentes aos serviços de telefonia, Internet, televisão a cabo, satélite ou digital, especializados em reparos elétricos e eletrônicos, autorizados para conserto de equipamentos de utilidades domésticas, concessionárias de energia elétrica, gás encanado e empresas de seguro.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos