PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 13 de julho de 2021

Crea-MT homenageia engenheiros sanitaristas do Sistema Confea/Crea

13 de julho é o dia dedicado ao Engenheiro Sanitarista, profissional essencial para o avanço de atividades voltadas ao saneamento básico, como abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos e drenagem e manejo de águas pluviais, bem como pelo uso sustentável destes recursos.
O engenheiro sanitarista também tem um papel importante para área social, de saúde e ecológica, pois além de privilegiar o bem-estar social, também atua na prevenção de doenças e salubridade ambiental, sempre com o foco na preservação e diminuição dos danos ambientais, com objetivo de promover um desenvolvimento sustentável.
Para homenagear todos os profissionais do Sistema Confea/Crea do estado, o Regional Mato-grossense entrevistou o diretor administrativo do Crea-MT, conselheiro engenheiro sanitarista, Valmi Simão de Lima. Membro da Associação dos Engenheiros Sanitaristas e Ambientais de Mato Grosso (Aesa-MT), o engenheiro sanitarista atua como servidor público de carreira da Secretaria de Estado e Meio Ambiente (Sema-MT), na qual é superintendente do órgão. No Sistema Confea/Crea já foi diretor-geral e diretor- administrativo da Mútua/MT. Graduado em Engenharia Sanitária e Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Valmi também é especializado em gestão de recursos naturais pela UFMT.
O profissional se inspirou a graduar em Engenharia Sanitária pela perspectiva de futuro, em defesa do meio ambiente e outras atividades que envolvam a sociedade. “Na área, o engenheiro dessa modalidade além de desenvolver e implantar projetos para construção de sistemas de abastecimento de água, esgoto, drenagem, irrigação pluvial, limpeza urbana e de resíduos, o profissional realiza inspeções e vistorias sanitárias e elabora regulamentos”, explanou Valmi.
Destacando ainda que o engenheiro sanitarista coordena atividades de monitorização e vigilância dos fatores ambientais com incidência na saúde humana. Participa do planejamento, implantação e avaliação de projetos e programas ambientais.
“ O profissional da engenharia sanitária pode atuar, na saúde humana, meio ambiente, projetos de engenharia, abastecimento de agua, esgoto, resíduos, drenagem e outros. Ou seja, esse profissional tem uma grande importância para o desenvolvimento do país”, disse Valmi.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos