PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

domingo, 18 de julho de 2021

Papa Francisco clama por paz e diálogo em Cuba

"Estou junto com o querido povo cubano nestes tempos difíceis", disse pontífice, em primeira celebração no Vaticano após cirurgia. Francisco teve papel de destaque no breve degelo das relações entre EUA e Cuba em 2016. Na primeira celebração pública no Vaticano desde que recebeu alta hospitalar, o papa Francisco manifestou neste domingo (18/07) preocupação com o momento vivido por Cuba, que sofre os efeitos de uma grave crise financeira e dificuldades para combater a pandemia, o que provocou protestos contra o regime que governa a ilha há seis décadas.
"Estou junto com o querido povo cubano nestes tempos difíceis, em particular das famílias, que são as que mais sofrem. Rezo ao Senhor para ajudar a construir uma sociedade cada vez mais justa e fraterna em paz, diálogo e solidariedade", declarou o líder religioso depois de rezar o Angelus da janela do Palácio Apostólico.
Francisco, que recebeu alta na última quarta-feira após dez dias no hospital para uma cirurgia de cólon, fez uma breve referência aos protestos maciços na ilha no caribe.
A referência a Cuba foi saudada pelos aplausos dos fiéis e peregrinos que escutaram suas palavras da Praça de São Pedro, alguns carregando bandeiras cubanas. O Papa convidou a população do país a confiar na padroeira da ilha, Nossa Senhora da Caridade de El Cobre. "Ela os acompanhará nesta viagem", prometeu.
Cuba vive os maiores protestos antigovernamentais desde o chamado "Maleconazo", de agosto de 1994. As manifestações atuais, reprimidas pelo governo, ocorrem em meio a uma grave crise econômica e de saúde, com dificuldade para lidar com a pandemia e a grave escassez de alimentos, medicamentos e outros produtos básicos, bem como longos cortes de energia.
O governo cubano tem reprimido duramente as manifestações. Mais de cem pessoas foram detidas em confrontos após o presidente do Conselho de Estado cubano, Miguel Díaz-Canel, ter pedido para seus apoiadores enfrentarem os manifestantes. Tanto a alta comissária dos Direitos Humanos das Nações Unidas quanto a ONG Human Rights Watch pediram a libertação dos prisioneiros. Muitos seguem com paradeiros desconhecido.
Francisco, o primeiro papa latino-americano na história, visitou Cuba em 2015, em parte de uma viagem que também o levou aos Estados Unidos. Depois se encontrou com Fidel Castro em sua casa em Havana, meses antes de sua morte, em 2016.
O pontífice acompanha a situação na ilha e demonstrou isso mediando a aproximação histórica com os EUA entre 2014 e 2016. O papel do papa no processo levou Raúl Castro e o então presidente americano Barack Obama a agradeceram o pontífice.
Neste domingo, o papa também pediu o fim da violência na África do Sul e classificou como uma "catástrofe" as enchentes na Alemanha, Bélgica e Holanda.
jps (efe, ots)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos