Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação

Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação
Av. Rui Barbosa, S/N- Jardim Universitrio, Cuiabá - Mato Grosso. As informações de contato se encontram no (65) 99293-3962

Vereador Didimo Rodrigues Vovó

Vereador Didimo Rodrigues Vovó
Trabalhar por uma Cuiabá melhor

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

Senado Federal

Senado Federal
Para saber mais sobre essa unificação, clique aqui.

segunda-feira, 12 de julho de 2021

Raios matam pelo menos 76 pessoas na Índia

Entre os mortos, está um grupo que fazia selfies durante a tempestade em torres de um famoso complexo medieval do século 12, perto da cidade de Jaipur. Autoridades da Índia anunciaram nesta segunda-feira (12/07) que pelo menos 76 pessoas morreram no país no fim de semana devido à queda de raios no começo da temporada anual de monções de verão, que propiciam a ocorrência de intensas chuvas. Entre elas, está um grupo que tirava selfies em um famoso ponto turístico em meio à tempestade.
O primeiro-ministro, Narendra Modi, prometeu uma compensação às famílias das vítimas – 50 mil rúpias para os feridos (cerca de R$ 3,4 mil) e 200 mil rúpias para o parente mais próximo dos mortos (cerca de R$ 13,8 mil).
"TWITTER: PMO India - @PMOIndia - Saddened by the loss of lives due to lightning in parts of Madhya Pradesh. The State Government will provide all possible assistance to the affected. From the PMNRF, Rs. 2 lakh would be given to the next of kin of the deceased and Rs. 50,000 would be given to the injured: PM Modi. 1:44 AM · Jul 12, 2021
Pelo menos 23 pessoas morreram no estado do Rajastão, incluindo 12 que tiravam selfies no fim da tarde de domingo em torres de vigilância de Amer Fort, um complexo medieval do século 12 no topo de uma colina perto da cidade de Jaipur.
"Já estava chovendo quando as pessoas estavam lá. Elas se amontoaram nas torres enquanto a chuva se intensificava", disse Saurabh Tiwari, oficial de polícia de Jaipur. "Alguns dos feridos ficaram inconscientes devido aos raios. Outros fugiram em pânico e com muita dor", acrescentou.
No estado vizinho de Uttar Pradesh, as autoridades confirmaram pelo menos 42 mortes devido a raios no sábado e no domingo.
Outras 11 pessoas morreram no estado central de Madhya Pradesh. Duas delas haviam levado camelos e ovelhas para pastar e buscaram abrigo da tempestade debaixo de uma árvore.
Época de monções
Mortes devido a raios não são raras na Índia. Em 2019, quase 2.900 pessoas morreram por essa razão, de acordo com dados do National Crime Records Bureau, agência governamental indiana responsável pela coleta e análise de dados criminais.
Monção é um fenômeno caracterizado por ventos que mudam de direção de acordo com as estações do ano, provocando períodos de chuvas torrenciais e outros de forte seca.
A época de monções de verão, que vai de junho a setembro, é crucial para reabastecer os reservatórios de água no sul da Ásia. No entanto, anualmente, elas também causam destruição generalizada em toda a região.
le (afp, ots)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos