PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 10 de agosto de 2021

ELEIÇÕES: Barbudo apoia e assina requerimento de CPI do TSE

Parlamentar mato-grossense acompanha justifica do autor do pedido, Eduardo Bolsonaro. O deputado federal por Mato Grosso, Nelson Barbudo (PSL), assinou na última quinta-feira (05.08) requerimento do também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para que seja aberta uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A finalidade da CPI, conforme Eduardo, é que sejam investigadas denúncias de invasão a sistemas e banco de dados do TSE, com acesso e divulgação de dados sigilosos. 

Conforme justifica o parlamentar em seu texto, ele espera que “por meio da CPI seja elucidada a verdade e que toda sociedade brasileira, até mesmo a pessoa mais leiga, tenha a certeza do processo eleitoral”. 

Para Barbudo, é importante que o brasileiro “de uma vez por todas tenha a verdade dos fatos e não seja enganado ou que tenha mentiras ou meias verdades contadas. Nós, enquanto cidadãos brasileiros, precisamos da verdade. Queremos lisura em nossos processos eleitorais e ela acontecerá quando tivermos o voto auditável e também esclarecimentos do Tribunal Superior Eleitoral”. 

Contexto – No requerimento, Eduardo Bolsonaro lembra que em entrevista ao programa “Pingos no Is” o Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o deputado federal Filipe Barros divulgaram denúncias embasadas no relatório da Polícia Federal, que comprovam, segundo o próprio Tribunal Superior Eleitoral, que os sistemas daquela Corte bem como dados sigilosos foram alvos de uma invasão a sistemas internos no qual um hacker teria acessado o código-fonte da urna eletrônica. 

Segundo os dados do inquérito, a primeira invasão teria sido percebida no dia 20 de abril e foi detectada pela equipe do Tribunal Regional de Pernambuco. Mas o ataque teria se iniciado no dia 18 daquele mês e teria ido até o dia 21. A invasão e o escaneamento de dados seguiram ainda para os TRE's do Acre, Pará, Ceará, Bahia e Paraíba. O hacker teria conseguido coletar código-fonte completo usado nas eleições de 2018, listas de arquivos e conteúdo de documentos.

 Se não bastasse a invasão do sistema, o próprio TSE também teria admitido, continua Eduardo Bolsonaro no requerimento, que os logs — arquivos que registram os dados aos quais o hacker teve acesso nos sistemas do tribunal — foram apagados. “Ou seja, o próprio TSE apagou os arquivos por onde andou o hacker possivelmente alterou, o que pode configurar em tese a prática do crime previsto no art. 305 do Código Penal: “Destruir, suprimir ou ocultar, em benefício próprio ou de outrem, ou em prejuízo alheio, documento público ou particular verdadeiro, de que não podia dispor: Pena - reclusão, de dois a seis anos, e multa, se o documento é público, e reclusão, de um a cinco anos, e multa, se o documento é particular”. 

É neste contexto que Eduardo Bolsonaro solicita, então, que a CPI do TSE seja aberta. “Depois deste relatório apresentado pela Polícia Federal podemos, de fato, acreditar na inviolabilidade dos computadores do TSE? Será que o candidato que o eleitor digitou na urna será o mesmo a ser totalizado pelos sistemas do TSE? Será que este foi o único hacker que invadiu os sistemas? Será que foi apenas em 2018 as invasões?”, destaca o parlamentar. 

Assessoria/Caminho Político

 @caminhopolitico @cpweb 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos