Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

PROPOSTA: Deputado propõe a criação de Delegacia Especializada para Pessoas Desaparecidas em Mato Grosso

O parlamentar avalia que a criação desse tipo de unidade policial vai beneficiar a população com a conclusão de investigações de forma rápida e eficaz.
Com o anúncio realizado pelo governo estadual de novo concurso para a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) que vai garantir o aumento de efetivo na instituição, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) apresentou indicação, nessa quarta-feira (25), em sessão plenária da Assembleia Legislativa, para a criação de Delegacia Especializada para Pessoas Desaparecidas. A matéria foi encaminhada para a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) e Delegacia Geral da PJC.
Para o parlamentar, essas unidades vão garantir que as investigações tenham conclusões mais rápidas e eficazes, principalmente por contar com servidores capacitados na busca de pessoas desaparecidas e o uso de equipamentos tecnológicos de ponta. Ele acrescenta que algumas Delegacias Especializadas de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) chegam a ter Núcleos de Pessoas Desaparecidas (NPD) que dão suporte para alguns municípios, como, também, atendem demandas do Poder Judiciário e Conselhos Tutelares e, em caso necessário, os servidores envolvidos prestam auxílio à Polícia Federal.
“Temos que reforçar que os Núcleos são limitados quanto aos aspectos físico, de material e humano, o que interfere para o êxito de alguns casos investigados. Com a criação de Delegacias Especializadas, sabemos que esse cenário vai mudar e as investigações serão intensificadas com resultados precisos e, assim, tranquilizará familiares e amigos das pessoas desaparecidas”, frisa Claudinei.
Estatística - O NPD, instalado na DHPP de Cuiabá, atende 14 municípios da baixada cuiabana. De acordo com dados de janeiro a junho desse ano, já são 339 casos registrados de pessoas desaparecidas, sendo que entre os anos de 2018 a 2020 foram totalizadas 2.345 ocorrências motivadas por afastamento do convívio familiar, cooptação para práticas criminosas, enigmático, evasão de custódia legal, sequestro, subtração por familiares, vítimas de calamidades, interpéries e acidentes.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos