PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 14 de setembro de 2021

ORGULHO: Sebastião Salgado é premiado com "Nobel das artes"

Fotógrafo brasileiro receberá prêmio japonês dotado de mais de R$ 700 mil na categoria pintura por retratar "com grande sentido estético o estado dos mais pobres e a degradação do meio ambiente" na Amazônia.O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, famoso por suas intensas fotos em preto e branco, é um dos ganhadores deste ano do Praemium Imperiale do Japão, considerado o "Nobel das artes". O anúncio foi feito nesta terça-feira (14/09) em Berlim pelo ex-presidente do Instituto Goethe e conselheiro da Associação Japonesa de Arte Klaus-Dieter Lehmann.
Cada laureado vai receber 15 milhões de ienes (R$ 712 mil), durante uma cerimônia tradicionalmente realizada em outubro em Tóquio pelo príncipe Hitachi, irmão mais novo do imperador japonês, Akihito. Devido à pandemia, a cerimônia deste ano foi cancelada. Salgado, de 77 anos, foi distinguido na categoria pintura pelas imagens em que retrata "com grande sentido estético o estado dos mais pobres e a degradação do meio ambiente". Seu último projeto, "Amazônia", mostra a exploração do ecossistema amazônico e da vida de seus povos indígenas durante sete anos.
Foram agraciados ainda o escultor americano James Turrell, que usa o espaço e a luz como meio de expressão, o arquiteto australiano Glenn Murcutt, conhecido por suas casas modernistas se integrando ao ambiente rural, e o virtuoso violoncelista americano Yo-Yo Ma.Considerado um dos maiores de seu tempo, o músico americano, filho de pais chineses que moram em Paris, gravou mais de cem álbuns e ganhou inúmeros prêmios, incluindo 18 prêmios Grammy durante sua carreira.
O Praemium Imperiale é concedido anualmente pela Associação Japonesa de Arte desde 1989, por sugestão da família imperial japonesa em memória do príncipe Takamatsu (1905-1987). Ele homenageia cinco categorias: pintura, escultura, música, arquitetura e cinema e teatro, todas áreas das artes não consideradas pelo Prêmio Nobel. O arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha foi agraciado com o prêmio em 2016. Oscar Niemeyer foi o primeiro brasileiro a receber o prêmio, em 2004.
rw/as (dw, dpa, afp, efe)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos