PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Presidente da Fecomércio-MT defende homenagem a Vicente Vuolo para nome de ferrovia

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-M), José Wenceslau de Souza Júnior, manifestou apoio à alteração do nome da Ferrovia do estado para Senador Vicente Vuolo. O contrato de adesão foi assinado entre a Rumo Logística e o governo do estado nesta segunda-feira (20).
O nome escolhido pela empresa faz uma homenagem ao ex-empresário Olacyr de Moraes, entretanto, para o presidente, o ex-senador Vicente Vuolo, é o verdadeiro símbolo da ferrovia em Mato Grosso. “De forma alguma queremos desmerecer o trabalho realizado por Olacyr de Moraes, porém, nós devemos essa homenagem ao Vuolo, que foi o grande defensor da ferrovia para o nosso estado”, afirmou ele.
O presidente participou do evento e destacou a importância dessa obra para todos os mato-grossenses. “Além de atrair investimentos e fortalecer indústrias, a ferrovia vai impulsionar o comércio, onde o grande beneficiado será o consumidor. E nada mais justo do que prestarmos esse reconhecimento ao intenso trabalho desenvolvido por Vuolo durante tantos anos”, lembrou Wenceslau Júnior.
O contrato de adesão prevê a construção, implantação e exploração de 730 quilômetros. Segundo o governo do estado, o projeto prevê investimentos de R$ 11,2 bilhões para a implantação da ferrovia, que vai interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, conectando-se à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos