Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

terça-feira, 19 de outubro de 2021

CRF-MT, Sinfar e Sincofarma reuniram com secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante para discutir ações de Segurança Pública aos estabelecimentos farmacêuticos

A violência tem crescido muito para os proprietários de farmácias e drogarias no último mês, em Cuiabá. Somente no mês de setembro, duas vezes por semana, uma farmácia ou drogaria foi assaltada, deixando os farmacêuticos, colaboradores e a população assustados.
O Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso (CRF-MT), juntamente com o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de Mato Grosso (Sincofarma-MT) e o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Mato Grosso (Sinfar-MT), reuniram-se nesta terça-feira (19.10) com o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante para discutir ações de Segurança Pública voltadas aos estabelecimentos farmacêuticos de Mato Grosso.
O presidente do CRF-MT, Iberê Ferreira da Silva Junior explica que é muito importante discutir a segurança pública para as farmácias e drogarias de Mato Grosso. “Temos observado a ocorrência de vários assaltos nestes estabelecimentos, e por isso, viemos solicitar o apoio do secretário Bustamante nesta demanda. Quero agradecê-lo por ele ter nos recebido e colocado toda a sua equipe a nossa disposição, para que juntos, possamos solucionar este problema que afeta a todos do segmento Farmacêutico”.
O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ressalta que para o trabalho da polícia funcionar é necessário que as empresas e envolvidos, registrem os boletins de ocorrências, gerando assim estatísticas necessárias para o trabalho integrado das forças de segurança. “Se não tivermos esses registros, não tem como o processo de investigação caminhar de forma sistêmica. Desta forma, teremos um conjunto isolado de assaltos, sem ter a possibilidade de chegarmos a uma estatística, para que possamos enfrentar a criminalidade nestes estabelecimentos”, esclareceu.
O presidente do Sincofarma, Hamilton Domingos Teixeira destaca que irá passar estas orientações a todos os proprietários de farmácias e drogarias, para que os mesmos façam os registros dos boletins de ocorrências. “Precisamos que todos façam a sua parte para resguardamos tanto os estabelecimentos, quanto os funcionários”, alerta.
Bustamante informa que além da ação dos órgãos de segurança é importante que a população fique atenta, evite se colocar em situações e momentos de extrema vulnerabilidade ou descuido que favoreça a prática criminosa. Além disso, é necessário efetuar boletim de ocorrência, para que as autoridades tenham a informação real da incidência criminosa no município.
O vice-presidente do Sinfar, Devanil Roza Fernandes afirma que os proprietários de farmácias e drogarias estão com muito medo devido ao aumento de assalto que vem ocorrendo em Cuiabá. “Os motivos do aumento da criminalidade são vários, desde as questões sociais que o país vive, usuários de drogas, pessoas que querem vida fácil e também pela pandemia que estamos enfrentando. Por isso, viemos buscar ajuda do poder público para fazermos essas ações conjuntas”, concluiu.
Soraya Medeiros/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos