Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

sábado, 30 de outubro de 2021

Se não for o Senado, disputa o Governo

Atual senador da República tenta construir um caminho político para disputar a reeleição e caso não consiga deve seguir na majoritária. A possibilidade de entrar pra história e abrir um sétimo mandato como deputado federal não faz a cabeça do atual senador da República, Wellington Fagundes (PL).
O veterano “bate o pé” pela reeleição e tenta construir um improvável caminho de ser o candidato de Jair Bolsonaro no estado. Inicialmente, Fagundes tentou costurar no grupo do atual governador, Mauro Mendes (DEM), financiado pela família Maggi, mas perdeu espaço para Neri Geller (PP), que deve ser o nome a entrar na disputa. Caso tudo dê errado, segundo o que uma fonte ligada a Fagundes confidenciou ao MINUTO MT, “é mais fácil ele disputar o Governo do que a deputado”.
O recado é direto para Mauro Mendes, que fechou as portas do seu grupo para Fagundes e pode ter de encará-lo de frente nas urnas.
Embora acumule um desgaste imenso por um aumento abusivo dos impostos em sua gestão, bem como o caos que se instala na saúde de várias cidades do interior, Mendes se considera imbatível e já abriu mão até do apoio de Bolsonaro.
Na visão prepotente do governador e de aliados, como o ex-senador, Cidinho Santos, fazendo lembrar uma frase histórica, “nem Deus afunda o Titanic”. O final do filme é conhecido…
Assessoria/MINUTO MT/Caminho Político/CP WEB
FOTO: Marcos Vergueiro
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos