PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

domingo, 10 de outubro de 2021

TJSP decide que IstoÉ não cometeu abuso em capa contra Lula de 2017

O ex-presidente Lula perdeu uma ação que movia contra os jornalistas Sérgio Pardellas e Germano Oliveira, pela reportagem de capa da revista IstoÉ de 22 de fevereiro de 2017.
Nesta sexta-feira, 8 de outubro, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu que a revista não cometeu abuso ao publicar a matéria “Levei Mala de Dinheiro para Lula”. O texto trazia uma entrevista com o químico Davincci Lourenço de Almeida sobre sua relação com a cúpula da empreiteira Camargo Corrêa. Na entrevista, Davincci disse ter transportado em 2012 uma mala de dólares que seria entregue ao ex-presidente em troca de um contrato na Petrobras. Lula disse que a reportagem era mentirosa e processou a revista, os jornalistas e o próprio Davincci.
“Qualquer jornalista sério e responsável jamais publicaria uma enxurrada de ofensas e inverdades oriundas de uma pessoa com o histórico de Davincci, principalmente sem qualquer elemento de corroboração”, escreveram os advogados do ex-presidente.
Já os advogados dos jornalistas alegaram que foi publicado exatamente o que foi declarado por Davincci e que os fatos tinham “a verossimilhança necessária para a publicação da entrevista.”
O desembargador James Siano, relator do processo, afirmou na decisão que o texto teve caráter informativo. “A revista se limitou a reproduzir matéria objeto de apuração criminal, com a identificação do denunciante.”
O desembargador também afirmou que a fonte da matéria reproduziu as mesmas informações à autoridade policial.
A Justiça determinou que Lula pague os honorários dos advogados da revista e de Davincci. O ex-presidente pode recorrer da decisão. Se perder, poderá ter de pagar R$ 150 mil.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Revista Forum
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos