PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Câmaras Especializadas do Crea Mato Grosso analisam processos durante reunião de novembro

As cinco Câmaras Especializadas de Civil, Agrimensura e Segurança do Trabalho, Agronomia, Elétrica, Florestal e Geo, Minas e Industrial realizaram reunião do mês de novembro para analisarem centenas de processos relacionados as modalidades do Sistema Confea/Crea.
A Câmara Especializada de Engenharia Civil, Agrimensura e Segurança do Trabalho (Cecas), fez uma explanação dos assuntos debatidos durante a reunião.
Após verificar o quórum, os membros abriram leitura de correspondência. Informando que foi enviado memorando da decisão referente a atribuições de projetos, execução, operação e manutenção de barragens para a superintendia operacional (Sop) do Crea-MT, onde o conselheiro André Luiz Schuring, fez relato que foi aprovado pela Câmara e encaminhado para a Sop, que tomará as devidas providencias junto a secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema-MT).
“ Na ocasião, fizemos a comunicação de deliberação, com relação a reunião realizada no mês passado para a Gerência de fiscalização do Crea-MT, propondo uma ação em barragens no Estado, além de enviar memorando à presidência solicitando a assessoria técnica para a reunião da Coordenadoria Nacional, onde foi encaminhado o assessor técnico da Caco para participar do encontro, bem como recebemos e-mail da presidência sobre atribuições para profissionais da Engenharia Florestal em cadastramento de pequeno barramento de terra”, disse Darci Lovato, coordenador da Cecas.
Ainda segundo Darci, com relação a esse assunto foi definido que o conselheiro Valmi Simão fará um relato para a próximo encontro da Cecas e repassar o documento. Dando continuidade nos assuntos, Lovato informou que a Cecas recebeu um oficio sobre consulta de capacidade técnica da Prefeitura de Várzea Grande e repassou ao conselheiro Jesuel Alves que ficou como relator para realizar esse trabalho. “ No encontro recebemos um oficio da Prefeitura Municipal de Cuiabá sobre consulta de atribuições de técnico de nível médio, referente a estudos técnicos de projetos de licenciamento ambiental. O conselheiro Iracildo Rodrigues fará o relato para a próxima reunião. Aprovamos a sumula da reunião anterior. Os cinco Grupos de Trabalhos (GTs) fizeram seus informes. Como coordenador do GT sobre projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, fiz a explanação do que está acontecendo, inclusive uma proposta feita na Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Civil (CEEC) com relação essa questão”, disse Darci.
Durante o encontro, o conselheiro Luiz Lotuffo destacou o andamento do Grupo de Trabalho de aprimoramento do Livro de Ordem. Já o conselheiro Roberto Pinheiro do GT EAD/ integração Sistema Profissional Instituição de Ensino fez uma atualização dos assuntos relacionados ao Grupo. Na oportunidade foi destacada a participação dos conselheiros em eventos técnicos a nível nacional, por meio do GT de eventos. “ Também fizemos um debate com a explanação do conselheiro Schuring sobre trabalhos exclusivos de profissionais com formação superior e atuação dos técnicos. Ficou definido que será realizado plano de ação para essa questão. Os membros definiram a participação do gerente de fiscalização para a reunião de dezembro para debater com ele o assunto, ou seja, dessa atuação mais eficaz junto aos técnicos”, ressaltou o coordenador da Cecas.
Darci fez um balanço de sua participação na reunião da CEEC nacional, além da representatividade do Crea-MT, através do engenheiro agrimensor Fenando Munhoz na reunião da CCEEAGRI- coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia de Agrimensura dos Creas nacional, onde fez os informes do evento.
Os membros debateram o comparativo/ revisão de decisão do Confea, com decisão da Cecas referente a legislação do processo de infração, cuja regularização tenha sido apresentada por Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do Cau, na qual foi definido o conselheiro Heitor para fazer o relato dessa questão para verificar se existe divergência entre uma normativa e outra.
“ Os conselheiros deliberaram 330 processos de Ad Referendum, forma relatados 74 processos de auto de infração e dois processos de ética e denuncia relatados pelas conselheiras Marciane Prevedello e Giovani Maria Soares. Desse total, três processos foram encaminhados para relato. Pelo Sistema Ecrea foi realizada a deliberação de dois processos relatados pelos conselheiros Iracil Rodrigues e Fernando Munhoz Munhoz, além de outros processos foram definidos para serem relatados por membros da Cecas.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos