Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

SEGURANÇA: A falta de efetivo coloca em risco a vida de servidores da segurança pública de MT

O deputado estadual Delegado Claudinei avalia que agressões contra policiais é devido o baixo efetivo da segurança pública de Mato Grosso.
O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) mostrou a sua indignação sobre o atentado contra a vida de dois policiais militares, em Poxoréu, no dia 25 de dezembro, que foram atender uma ocorrência para o desbloqueio da MT-130 com dois carros que impediam a trafegabilidade de veículos na via. Um dos agentes foi atingido com uma garrafa de vidro por populares que não concordavam com a liberação da via.
Diante do fato, o parlamentar posicionou que o ocorrido é reflexo do baixo efetivo na segurança pública de Mato Grosso e a demora para o lançamento de editais aos novos concursos públicos para suprir a falta de pessoas nas instituições ligadas à categoria. “Quero solidarizar-me e dar o meu total apoio aos policiais militares de Poxoréu. Lamentável esse incidente. Somente dois policiais foram atender essa ocorrência. Um deles tomou uma garrafada e levou 25 pontos na cabeça. E tudo isso, é por causa da falta de efetivo. Se tivessem mais militares, mostrando a força para conter essa população agressora, nada disso teria acontecido”, esclareceu.
Concursos
Claudinei criticou a gestão do governador Mauro Mendes (DEM) que chegou a gastar cerca de R$ 50 milhões, no ano de 2021, em publicidade e propaganda, sendo que já programou um investimento para essa área, de R$ 90 milhões para 2022. “O governador está preocupado em fazer propaganda e, enquanto isso, não solta os editais dos concursos públicos da segurança pública que foram anunciados em agosto deste ano. Ainda mais que deu a previsão de lançar os editais ainda este ano e falta só uma semana para terminar o ano”, ironiza o deputado.
Ele avalia que há omissão por parte do governo de Mato Grosso e que se a segurança pública não apresenta avanços, não é por falta de atitude, vontade e coragem dos policiais. “O governo não se preocupa com a segurança da população e, também, dos nossos policiais que estão nas ruas, delegacias e penitenciárias. Até mesmo, arriscam suas vidas para combater incêndios. Se já tivesse soltado esses editais, em 2020, já teríamos um grande reforço de servidores da segurança pública. É um absurdo o que acontece neste Estado. E a greve dos policiais penais que reivindicam a readequação salarial vai acabar ocasionando um confronto entre as instituições de segurança”, posiciona o parlamentar.
Anúncio – O governo de Mato Grosso anunciou, em agosto deste ano, concursos públicos para atender a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM) e Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM). Já no início de dezembro foi informado pela gestão que a organização dos concursos será feita pela Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, com dispensa de licitação, devido ser de caráter de urgência.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos