Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

VETO: Claudinei critica veto do governador ao projeto que beneficiaria a segurança pública

O deputado alega que falta parceria por parte do governo de Mato Grosso com os servidores da segurança pública.
O veto do governador Mauro Mendes (DEM) foi mantido pela maioria dos parlamentares da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (15), ao projeto de n.º 17/2021 que dispõe sobre a cessão de passagens no sistema de transporte coletivo intermunicipal aos servidores da segurança pública de Mato Grosso. Com o resultado, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), autor da matéria, mostrou a sua indignação ao notar que a gestão estadual atua com politicagem e não facilita em dar melhores condições à categoria policial.
“Esse é um projeto bem simples para ajudar a nossa segurança pública, para ajudarmos um pouco os nossos servidores. Temos exemplos de policiais que moram em uma cidade e trabalham em outra que fica próxima. É um projeto simples que a gente propôs para que esses policiais tenham condições para se deslocarem e não tenham gastos. Não é tão longe a distância entre uma cidade e outra”, justifica o parlamentar.
Ele acrescenta que uma das vantagens do projeto vetado, é que não só o policial seria beneficiado, como, também, o próprio setor do transporte coletivo. “Muitas vezes, aquele policial vai até fardado, armado e capacitado para evitar um assalto e, assim, combater um crime que possa ocorrer dentro desse transporte. E iria beneficiar a população que vai estar neste transporte coletivo, de forma preventiva e ostensiva, se tiver fardado”, explicou.
Veto
Para Claudinei, o posicionamento do governador em barrar o projeto que favoreceria os policiais civis, bombeiros e policiais militares é a maior demonstração da falta de parceria com a segurança pública. “Por isso, pessoal da segurança pública, esse governador não é parceiro de vocês. É a falta de política, falsa amizade, é isso que é esse governo. É enganação, pois ano que vem tem eleição. Não adianta vir com gracinha, pois os profissionais da segurança estão acompanhando os trabalhos. E tudo que é projeto nosso da segurança pública para beneficiar o trabalho interno e externo, são vetados e chega aqui, não conseguimos derrubar os vetos”, reclama o deputado.
Durante a explanação, o parlamentar frisou sobre a mensagem do governo estadual que foi negociada por outro deputado, que propõe a redução da alíquota previdenciária aos militares de Mato Grosso. “Na frente dos policiais, o governador tira foto, bate palminhas, abraça e cruza os bracinhos. Mas, por trás, ele quer que os policiais se explodam! Essa mensagem que está chegando, isso já era para estar acontecendo desde o ano passado. Isso não é favor do governador não! Isso aí, tinha que ter acompanhado as forças armadas. É uma regra federal que tinha que ter sido aplicada aos policiais e bombeiros militares. Isso é politicagem! ”, critica Claudinei.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos