Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Deputado quer assentar 159 famílias ‘sem teto’ em área ocupada às margens da MT-010

O objetivo é garantir função social da terra, como manda a Constituição. O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) apresentou nesta terça-feira (4), um projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a desapropriar uma área de 9 hectares em Cuiabá para assentar 159 famílias. O terreno fica no bairro Altos do Ubirajara, entre a Rodovia Helder Cândia (MT-010), a popular Estrada da Guia, e o Córrego do Ribeirão da Ponte. O terreno foi ocupado ainda em 2020.
"São famílias que não têm onde morar, a maioria no subemprego ou desempregada. Queremos que seja dada a está área sua função social, como manda a Constituição, indenizando, é claro, o proprietário da área", explicou o deputado.
De acordo com o projeto o assentamento vai dinamizar "a economia da região tornando justa a distribuição de terras, objetivo maior de toda a reforma em curso em nosso país".
"É pertinente todo e qualquer esforço para assentar essas famílias, dando condições dignas de trabalho, existência e condições de contribuir com os números positivos de nossa economia, gerando renda e dignidade aos cidadãos", diz trecho do projeto.
"Queremos que o Governo do Estado transforme a área num assentamento urbano onde sejam assentadas exatamente as 159 famílias que lá estão. Que ofereça a elas todas as condições necessárias a vida com dignidade. Sabemos que não vai ser fácil, a caminhada é longa, mas foi dado o primeiro passo", explicou o deputado.
"Para o cumprimento do disposto nos Artigos 1º, ficam priorizadas as famílias já instaladas no local até a data da publicação da presente lei".
O projeto foi lido nesta terça-feira (4.1), em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa, e segue para primeira votação.
Robson Fraga/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos