Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Pleno julga 50 processos e aprova criação do GT de Fiscalização na Aviação Agrícola

A sessão plenária de n° 770 do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), realizada dia 03 de fevereiro, foi marcada pelo julgamento de 50 processos de infração à legislação, além de oito processos de registro e cadastramento do curso de Engenharia da Computação da Universidade de Cuiabá (Unic), Campus Barão de Melgaço. Na oportunidade o pleno aprovou a criação do Grupo de Trabalho (GT) de Fiscalização na Aviação Agrícola. A reunião plenária foi conduzida pelo presidente, Eng. civil Juares Samaniego, além dos diretores: 1° vice-presidente, Eng. florestal Benedito Carlos de Almeida, diretor-administrativo Eng. eletricista, Adriano Breunig e a diretora-financeira, Eng. sanitarista Rosidelma Guimarães.
Na palavra livre, o 1° vice-presidente do Crea-MT, Eng. florestal Benedito Carlos de Almeida, fez uma explanação da grade curricular do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde também foi destacada a extensão das atribuições profissionais. Já a coordenadora da Comissão Crea Mulher de Mato Grosso, conselheira, Eng. Mecânica e de Segurança do Trabalho, Priscila Bernardi Rockenbach disse que o Programa Crea Mulher é conhecido nacionalmente. Onde seu principal objetivo é contribuir para que o país alcance a igualdade de gênero e empodere mulheres e meninas, meta preconizada pelo Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 05 da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). “ O Crea Mulher tem basicamente três objetivos.
A primeira meta é incentivar as meninas que estão no ensino médio e tenham habilidades na área de exatas possam estudar Engenharia. Sem medo de entrar no mercado predominantemente masculino. Já a segundo objetivo é propor as mulheres quase Engenheiras se sintam tranquilas e capacitadas o suficiente para o mercado de trabalho. O terceiro objetivo é fazer com que as empresas percebam o potencial gigantesco dessa profissional, assim como de um profissional homem ”, disse Priscila.
Nos assuntos diversos, o diretor-financeiro do Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea de Mato Grosso (Mútua-MT), Eng. civil Silvano Pohl Moreira de Castilho Junior, convidou os novos conselheiros titulares e suplentes a se associarem a Caixa, destacando que a grande novidade de 2022, é a “Mútua Signer”, uma ferramenta que vai agilizar a liberação dos benefícios da Caixa de Assistência. Não será mais necessário levar o contrato ao cartório para reconhecer firma, com sua própria senha de associado, pois o documento poderá ser assinado e enviado para a Mútua para pagamento. Na ocasião, Silvano falou sobre os benefícios de ser associado da Mútua através da anuidade, que é dividida em vários benefícios que retornam diretamente aos associados, da seguinte forma: R$ 50 da anuidade vai para o Tecnoprev, constituindo uma reserva para a aposentadoria, o restante constitui um pecúlio por morte e mais auxílio funeral, ou seja, toda a anuidade retorna ao associado.
Ao final da sessão plenária o presidente Juares Samaniego realizou a entrega de carteiras profissionais aos conselheiros presentes e aos inspetores chefes de Primavera do Leste, Eng. agrônomo Clóvis Albuquerque e o Eng. mecânico Marcos de Sousa e Silva. No dia 04/02, foram realizadas reuniões das modalidades de Engenharia, Civil, Agrimensura e Segurança do Trabalho, Agronomia, Florestal, Elétrica Geo, Minas e Industrial, onde foram analisados centenas de processos. As Câmaras Especializadas são órgãos decisórios no que diz respeito a examinar e decidir todos os assuntos relacionados à fiscalização do exercício profissional e as infrações ao Código de Ética que chegam ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).
Cada câmara tem como objetivo examinar e julgar os assuntos relacionados à fiscalização do exercício profissional e sugerir medidas para melhorias nas atividades do Conselho e sua região de atuação. Elas são compostas por conselheiros regionais e seus suplentes, que representam instituições de ensino superior e entidades de classe, em diversas modalidades que compõem o Sistema.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos