Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT

sexta-feira, 25 de março de 2022

Lula lidera disputa com 43% dos votos, diz Datafolha

Em segundo lugar, está Jair Bolsonaro, com 26% das intenções de voto, seguido por Sergio Moro (8%) e Ciro Gomes (6%). Petista perdeu espaço em relação à pesquisa anterior, e presidente diminuiu rejeição. O ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva segue liderando a disputa eleitoral para a Presidência nas eleições de outubro, com 43% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (24/03). Em segundo lugar, está o presidente Jair Bolsonaro, com 26%.
Em terceiro e quarto, aparecem, respectivamente, o ex-juiz federal Sergio Moro (Podemos, 8%) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT, 6%).
Foram ouvidos 2.556 eleitores, em 181 cidades de todo o país, nesta terça e quarta-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.
A pesquisa não é diretamente comparável com a anterior, divulgada em meados de dezembro do ano passado, pois, desde então, alguns possíveis candidatos saíram da disputa e outros, entraram.
Recuperação de Bolsonaro
Em relação à última pesquisa, Bolsonaro recuperou alguns votos, e Lula perdeu alguns. Em dezembro, Lula oscilava de 47% a 48%, e Bolsonaro, de 21% a 22%.
Agora, na pesquisa espontânea, Bolsonaro subiu de 18% para 23% dos votos e o petista oscilou de 32% para 30%.
Bolsonaro também teve um melhor resultado em todos os cenários de segundo turno. Mesmo assim, ainda perderia para Lula – o petista teria 55% dos votos e o presidente, 34%. A rejeição de Bolsonaro também caiu cinco pontos, ficando agora em 55%.
Lula mantém a preferência no Nordeste (55%), entre os menos escolarizados (55%) e entre os jovens (51%).
Já Bolsonaro tem o apoio de seu eleitor padrão: quem ganha de 5 a 10 salários mínimos (38%) e entre os de renda acima de 10 mínimos (39%).
le (ots)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos