Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

segunda-feira, 4 de abril de 2022

Escritora Lygia Fagundes Telles morre aos 98 anos

Conhecida como a dama da literatura brasileira, ela recebeu o prêmio Camões, o principal da língua portuguesa, e venceu o Jabuti por quatro vezes.
Lygia era uma das maiores escritoras brasileiras vivas. Ela ganhou em 2005, pelo conjunto da obra, o prêmio Camões, o principal da língua portuguesa, e o prêmio Jabuti por quatro vezes, em 1966, 1974, 1996 e 2001. Em 2016, tornou-se a primeira mulher brasileira a ser indicada ao prêmio Nobel de literatura. Ela integrava a Academia Brasileira de Letras desde 1985 e também a Academia Paulista de Letras.
Entre seus livros mais famosos, estão Antes do Baile Verde, de 1970, que venceu o Grande Prêmio no Concurso Internacional de Escritoras, na França, As Meninas, de 1973, que ganhou o Jabuti, Ciranda de Pedra, seu primeiro romance, de 1954, e que foi adaptado para a televisão, e O Jardim Selvagem, de 1965.
Ela teve seus livros traduzidos para diversos idiomas, inclusive alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, polonês, sueco e tcheco.
Primeiro livro em 1938
Lygia nasceu em São Paulo, em 19 de abril de 1923, filha de pai procurador e mãe pianista. Ela passou a infância e a adolescência em cidades do interior paulista e no Rio de Janeiro.
Depois de já ter publicado seu primeiro livro de contos, Porão e Sobrado, em 1938, ela ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo, onde se formou em 1946.
Na faculdade, ela conheceu o jurista e ex-deputado federal Gofredo Teles Júnior, seu primeiro marido, com quem teve um filho. Depois, ela se casou com o crítico de cinema e professor de audiovisual Paulo Emílio Sales Gomes, com quem viveu até sua morte, em 1977.
Lygia foi amiga próxima dos escritores Clarice Lispector, Hilda Hilst, Carlos Drummond de Andrade e Érico Veríssimo. Paralelamente à sua atividade literária, ela foi também procuradora do Instituto de Providência do Estado de São Paulo, cargo do qual se aposentou em 1991, e presidente da Cinemateca Brasileira.
bl (ots)Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos