Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Ponte é queimada durante a noite em Livramento

Através de ‘denuncia” pela internet a Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento oficializou a Polícia Judiciária Civil no final da manhã desta terça-feira (17) - do que pode ser configurar como “crime contra o patrimônio público” - incêndio da ponte de madeira de 10 metros de comprimento sobre o Rio Lava Cavalo, na Região de Fazenda de Cima, localidade situada a 38 km da sede municipal. A travessia fica na MT-476 e faz divisa entre os municípios de Livramento e Poconé interligando várias comunidades como o Assentamento Estrela do Oriente (Livramento), Fazenda de Cima, Carrijo, Assentamento Triângulo (Poconé).
O setor jurídico da Prefeitura representado pelo advogado Ricardo Correia Marques, “primeiramente, foi feito a denúncia pela internet, e nesta tarde a Polícia Judiciária Civil de Várzea será oficializado por documento impresso.”
O secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Paulo de Caraca, está no local e por telefone informou que um serviço paliativo de desvio está sendo executado com colocação de manilhas e aterramento.
Segundo Paulo, a ponte estava oferecendo travessia segura, “tinha sim algumas tábuas quebradas por conta de um caminhão pesado que passou aqui na semana passada, mas as longarinas estavam todas boas e firmes. Não dá para entender motivo de tamanha atitude irresponsável.”
O prefeito de Livramento, Silmar de Souza (UB), lamentou o ocorrido. “Com tantos problemas de manutenção de mais de 1.600 km de estradas e mais de 120 pontes de madeira que já temos, como pode uma ponte ser incendiada? Nem dá para acreditar”, desabafou Souza.
Vale lembrar que em outubro de 2021, outra ponte também foi incendiada, desta vez sobre o Rio Carandá, uma das passagens que dá acesso à comunidade de Figueiral, no Baixo Pantanal.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos