Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

terça-feira, 2 de agosto de 2022

Ministro garante conclusão de anel viário de Barra e lembra cobranças de Wellington

Demanda por um desvio do tráfego pesado de caminhões e carretas é uma das principais reivindicações das três cidades na divisa de MT e GO. O anel viário de Barra do Garças deverá ser entregue para o tráfego de carretas e caminhões até o dia 15 de setembro – data do aniversário da cidade. A garantia foi dada pelo ministro Marcelo Sampaio, de Infraestrutura, ao dar início, nesta segunda-feira, 1, à visita às obras que vão ligar Barra, Pontal do Aragarças, em Mato Grosso, e Aragarças, em Goiás. A visita ocorre a convite do senador Wellington Fagundes (PL).
Ao lado do governador Mauro Mendes e do senador, o ministro fez questão de elogiar o trabalho do senador mato-grossense, a quem chamou de ‘pai do Anel Viário’ pela luta para a conclusão da obra. Segundo Marcelo Sampaio, o empreendimento integrava o pacote de obras inacabadas e ele fez questão de testemunhar o empenho de Fagundes: “Trabalhou, inclusive, alocando recursos para essa obra”.
A demanda por um desvio do tráfego pesado de caminhões e carretas do perímetro urbano de Barra, Pontes e Aragarças, na divisa entre Mato Grosso e Goiás, é uma das principais reivindicações da população das três cidades. O trecho soma cerca de 16 quilômetros, sendo dez quilômetros em território mato-grossense e seis quilômetros em Goiás.
“Essa é uma obra de grande envergadura econômica e social, porque vai permitir, acima de tudo, a melhoria substancial da qualidade de vida da população dessas três cidades” – disse Fagundes.
Além do empenho pela conclusão do Anel Viário, o ministro fez questão de destacar as ações de Fagundes, na condição de presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), pelas reformas estruturais, aprovadas pelo Congresso Nacional. Entre elas, o Marco Legal das Ferrovias. Ele enfatizou que além da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), que ligará o Araguaia até a Ferrovia Norte-Sul, ele destacou que já foram emitidas três autorizações para implantação de trilhos em Mato Grosso.
“Esse trabalho feito pelo senador Wellington permite que tenhamos também um setor ferroviário pujante também em Mato Grosso, já que esse é um modal importante no que diz respeito a eficiência e redução de custos para quem está produzindo” – acrescentou o ministro.
Sobre a BR-163
Na chegada a Barra do Garças, Marcelo Sampaio também afirmou que o Ministério da Infraestrutura está trabalhando para resolver a questão envolvendo a concessão da BR-163, a cargo da empresa Rota do Oeste. Ele classificou a solução como ‘um grande desafio’ e afirmou que a situação se deve a ‘contratos ruins’ assinados no passado.
No mês passado, o presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (6) o decreto que autoriza a inclusão da BR-163, trecho entre Sinop e a divisa de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul, no Programa de Parceria de Investimentos (PPI) para ser relicitada.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos