Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

quinta-feira, 18 de agosto de 2022

TÁ FRIO. TÁ QUENTE: Idosos sofrem com mudanças bruscas de temperatura e cuidados devem ser redobrados

Médica geriatra do programa Cuidar+ orienta como cuidar da saúde dos idosos com as variações de temperatura. Acostumados com altas temperaturas, os cuiabanos têm sido obrigados à enfrentar uma cidade bipolar em relação ao tempo. Logo pela manhã, cedinho, está mais frio. Na hora do almoço, é calor intenso, sem nuvem no céu. Ao entardecer, o vento gelado volta. Essa mudança brusca na temperatura afeta a saúde, especialmente dos idosos. Segundo a previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe), uma frente fria rápida chegará em Cuiabá neste final de semana. O alerta de mudança brusca de temperatura já consta no site do Climatempo, a partir de sexta (19.08).
De acordo com a médica geriatra, Lívia Caporossi, a variação da amplitude térmica traz impactos para o sistema imunológico, deixando brechas para doenças. “E são capazes de causar resfriados, gripes e até doenças mais graves, como pneumonia, pois diminuem as defesas naturais que temos contra essas doenças respiratórias”, alerta a médica.
Atendendo a diversos idosos no serviço Cuidar+ do Hospital Santa Rosa, a geriatra orienta que pacientes com histórico clínico de asma e rinite devem reforçar ainda mais os cuidados. “O ideal é ampliar a frequência de lavagem nasal, evitar o gotejamento pós-nasal, que é aquele catarro descendo pela parte posterior do nariz e atingindo a garganta. Porque isso pode acarretar em sinusite. E se surgir bronquite ou outras doenças respiratórias tem que procurar tratamento médico adequado”.
Lívia Caporossi traz dicas para ajudar a enfrentar essa época do ano. “Pela manhã, quando está mais frio, evitar se expor ao vento e à neblina. Se agasalhar bem. Pode tomar bastante cházinho morno. Já quando está mais calor, reforçar a hidratação, usar hidratante na pele, evitar banhos quentes demais, porque resseca mais a pele, se proteger com sombrinhas”.
Algumas orientações, segundo a médica, são rotineiras e servem para ajudar a fortalecer o sistema imunológico do idoso, independente das mudanças no tempo:
- Alimentar-se bem, com muitas frutas e verduras.
- Aumentar a hidratação. Alguns idosos, não gostam muito de beber água e a dica que ela dá é saborizar a bebida, colocando uma rodela de limão ou laranja.
- Evitar chás diuréticos, refrigerantes. Pode-se ampliar o consumo de frutas como melancia, melão, laranja, tangerina, que possuem mais água na composição.
- Deixar sempre uma janela aberta para ventilar o ambiente.
- Quando o tempo estiver muito seco: usar aparelho de umidificador, por toalhas molhadas, bacias com água. Sobre as toalhas, o ideal é deixa-las estendias e abertas no chão ou em um varal. Não é recomendado que elas fiquem emboladas, para evitar fungos.
- Agasalhar-se ao sentir frio ou usar roupa mais leve em caso de calor.
- Praticar atividade física. Mas, se optar por algo ao ar livre, evitar se expor ao sol intenso (entre 10h e 16h).
- Dormir bem.
CUIDAR+
Em Cuiabá, é possível ter acesso a um serviço integrado de assistência à saúde do idoso, com uma equipe multidisciplinar composta por médico geriatra, vascular, nutricionista, fisioterapeuta, dentista, fonoaudióloga, psicóloga e enfermeira navegadora, que literalmente guia e acompanha o paciente durante o atendimento.
O Cuidar+ é um programa de atendimento exclusivo à pessoas que tenham 60 anos ou mais, ofertado pelo Hospital Santa Rosa. Ao chegar ao espaço, os pacientes passam por uma avaliação com a equipe multidisciplinar, totalmente sem custo. Caso o paciente precise de algum exame ou procedimento posterior à consulta, isso é feito via plano de saúde. Uma vez inscrito no programa, o idoso passa a contar com uma enfermeira de referência, que seguirá cuidando e agilizando autorizações para exames, agendamento de consultas, internações, entre outras necessidades.
O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, no edifício Santa Rosa Tower, 5° andar. O telefone de contato é: (65) 99972-2948 ou (65) 3618-8000.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos