Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

O MATOGROSSO

O MATOGROSSO
Fatos, Realidade e Interativo com o Público

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

segunda-feira, 5 de setembro de 2022

ELEIÇÕES 2022: Justiça manda Neri retirar do ar programa com ataque a Wellington

De acordo com a decisão do juiz, a peça publicitária do candidato Neri Geller viola flagrantemente a legislação eleitoral. O candidato Neri Geller, do PP, sofreu mais uma derrota na Justiça Eleitoral. Foi determinado neste domingo (04.09) a suspensão de propaganda eleitoral de Geller em que faz campanha difamatória contra o senador Wellington Fagundes, da coligação “Mato Grosso Avançando, Sua Vida Melhorando”. 
De acordo com a decisão do juiz, a peça publicitária do candidato Neri Geller viola flagrantemente a legislação eleitoral. Ela também observou que a campanha veiculada no programa eleitoral não identificou o nome do candidato e seus suplentes, imagens ou vozes, deixando de ter ainda o caráter propositivo previsto do horário eleitoral gratuito.
Na ação contra Neri, Wellington Fagundes reafirma que é inverídica a acusação feita, porque não há qualquer procedimento em que figure como investigado. Negou ainda que tenha tentado, ao contrário do que sustenta a campanha de Neri, censurar alguma reportagem e explica que apenas ajuizou pedido de direito de resposta perante a Justiça Eleitoral, para esclarecer que não era investigado nas acusações que eram feitas.
"Verifica-se que o conteudo divulgado nao observa os preceitos legais que disciplinam a propaganda eleitoral gratuita na televisao", declarou o magistrado.
Geller concorre a disputa eleitoral sub-judice, já que o Ministério Público Eleitoral ingressou com impugnação de candidatura do candidato do PP por ter sido condenado por crime eleitoral na eleição de 2018. Neri teve seu mandato cassado, por unanimidade, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se tornou inelegível por 8 anos. A Justiça Eleitoral considerou crime a transferência de R$ 1,327 milhão em favor de 11 candidatos que concorreram ao cargo de deputado estadual.
Assessoria/Caminho Político
Caminho Politico CP Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos