Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

segunda-feira, 15 de maio de 2023

Wilson irá apresentar PL contra perdão de dívidas de grande produtores rurais sem o crivo da Assembleia

O deputado estadual Wilson Santos (PSD) afirmou que irá apresentar, nesta semana, um projeto de lei que visa proibir que haja perdão de dívidas estaduais de grandes produtores rurais sem que tal decisão passe pelo crivo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Conforme o parlamentar, será estipulado um valor limite para a autonomia do Executivo. “Vou apresentar, junto com a deputada Janaina, projeto de lei [...] que determina que perdoe a partir de um certo valor. Que determina que perdões a partir de um certo valor têm que ter análise e autorização do parlamento estadual”, explica.
Como exemplo, Wilson utilizou o empréstimo de R$ 55.548.331,20 que a empresa Caramuru Alimentos SA recebeu pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO), aprovado pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, conforme informações do Diário Oficial, publicado no dia 10 de março deste ano.
“Tô muito curioso com a atuação recente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, porque, recentemente, autorizou a empresa Caramuru a contrair um empréstimo de R$ 55 milhões junto ao banco do Brasil via FCO, sabendo que essa empresa é ré confessa de compra de incentivos fiscais na gestão do Silval Barbosa”, indagou o parlamentar, que completa:
“Não é possível que o crime compense em Mato Grosso e, agora, estampado em capa de jornais, R$ 43 milhões, com uma desculpa esfarrapada de que houve uma falha cadastral. Nós vamos mergulhar e investigar esse assunto”, finaliza.
O ex-governador Silval Barbosa, o atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e os ex-secretários da Casa Civil, Pedro Nadaf, e de Fazenda, Marcel de Cursi, foram investigados por fraudes na concessão de incentivos fiscais para a empresa Caramuru em R$ 40 milhões. O caso foi denunciado por Wilson Santos, em 2016, em meio à disputa pela prefeitura de Cuiabá contra Emanuel.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Instagram: @caminhopoliticomt
#renunciaemanuel
#renunciastopa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos