Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

terça-feira, 25 de julho de 2023

25 de julho - Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

Mulheres negras conquistam posições de liderança na indústria de materiais de construção. Com confiança no próprio potencial, Adriane Xavier constrói trajetória de sucesso em indústria cimenteira do Mato Grosso e inspira outras mulheres negras na busca por espaço e ascensão no mercado de trabalho. 
Viabilizar oportunidades de ingresso e promoção para as mulheres ainda é um desafio para o mercado de trabalho brasileiro, mas os esforços das empresas, em diversos segmentos, têm possibilitado ao público feminino almejar ocupações que antes só estavam ao alcance dos homens. Na indústria, por exemplo, as mulheres hoje representam um quarto da força de trabalho no país, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Para aumentar esse percentual de ocupação, é essencial que mais iniciativas sejam realizadas para a inserção feminina. No mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, em 25 de julho, uma data para refletir sobre a luta e as conquistas das mulheres negras, o período também é oportuno para reforçar a necessidade de ampliar as oportunidades de trabalho e ascensão profissional para essas mulheres.
É com esse empenho que a Votorantim Cimentos, empresa de materiais de construção e soluções sustentáveis, definiu em seus Compromissos de Sustentabilidade para 2030 metas de Diversidade e Inclusão que abrangem as mulheres em cargos de liderança. Um dos exemplos da companhia no país, no Estado de Mato Grosso, é a cuiabana Adriane Xavier Rodrigues, de 28 anos, que assumiu recentemente o cargo de coordenadora de Controle de Qualidade na fábrica de Cuiabá (MT).
Formada em Química pelo Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), a profissional diz que desde que foi contratada pela empresa, em 2014, sempre teve oportunidades de crescimento. O estágio na unidade em pouco tempo abriu portas para a vaga de Laboratorista e, depois, para Técnica em Controle de Qualidade. Em 2020, Adriane aprimorou as habilidades de gestão ao apoiar o coordenador de Controle de Qualidade a superar desafios com a equipe reduzida.
“A pandemia de Covid-19 me colocou de frente para algumas dificuldades, como a comunicação. Sempre interagi bem, só que com a mudança de cenário eu tive que melhorar o modo de me comunicar. Também aprendi a dizer não quando preciso e dar prioridade para o que é realmente importante, lições que agradeço ao meu coordenador, na época, porque me ajudaram a me desenvolver”, afirmou Adriane, que após a fase mais desafiadora da pandemia obteve outra promoção na área, em 2021, de Técnica Responsável.
Em 2023, Adriane assumiu a coordenação de Controle de Qualidade. Liderando uma equipe de 16 profissionais, ela é responsável por verificar as principais etapas de fabricação do cimento e da argamassa, desde a seleção das matérias-primas, passando pela análise química e monitoramento da produção, até o controle da estocagem e distribuição. Tudo para que os produtos sejam fornecidos de acordo com as exigências das normas técnicas, garantindo qualidade, segurança e desempenho ao consumidor.
Para atender todas essas demandas na atual função, Adriane Rodrigues ressalta que a experiência adquirida, somada à oportunidade de participar do Programa de Mentoria para Mulheres Negras da Votorantim Cimentos foram fundamentais para evoluir na carreira. “Além de aprofundar os conhecimentos sobre gestão, a mentoria também estimula o autoconhecimento, nos ajudando a relembrar e ter orgulho da nossa história como mulheres negras. São detalhes que não podemos nos esquecer porque fazem parte do que somos e nos acompanham pela vida”, disse Adriane.
Mentoria - O Programa de Mentoria para Mulheres Negras da Votorantim Cimentos é uma ação que foi realizada de setembro de 2022 a junho de 2023, em parceria com a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial. O objetivo foi promover o desenvolvimento de mulheres que hoje ocupam posições de analistas a consultoras na empresa de materiais de construção e soluções sustentáveis.
O programa abordou temáticas como carreira e empoderamento, tanto sob a perspectiva de gênero como de raça. Participaram da mentoria 26 mulheres negras, autodeclaradas pretas ou pardas, que foram mentoradas por outras 16 mulheres que já ocupam posições de liderança. Durante o período de mentoria, 30% das mulheres mentoradas foram promovidas, como Adriane Rodrigues. “Quando me inscrevi no programa eu destaquei que quero fazer a diferença realizando meu trabalho com amor. Hoje pratico isso sendo líder, tendo o respeito e cooperação de todos. Fico muito feliz de já ter ouvido que sou fonte de inspiração porque isso comprova que estou no caminho certo”, acrescentou Adriane.
“Histórias como a de Adriane mostram a importância de continuarmos a realizar ações de Diversidade e Inclusão para que cada vez mais as mulheres negras conquistem seu espaço no mercado de trabalho. São profissionais com coragem para transformar e encarar desafios e que têm muito a somar em diversas frentes de trabalho, inclusive em cargos de liderança, contribuindo para fortalecer o nosso jeito de ser e construir conosco um legado positivo para toda a sociedade”, disse a gerente geral de Gente da Votorantim Cimentos, Sabrina Scanapieco.
Mercado de trabalho - Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em 2021 o percentual de mulheres negras no Mato Grosso exercendo trabalho desprotegido (sem carteira assinada e contribuição para a Previdência ou ainda como trabalhadora familiar auxiliar) era de 41% contra 37% dos homens brancos.
Já o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT) aponta que do total de 1.713.915 pessoas ocupadas em Mato Grosso no ano de 2022, 69,8% são pessoas negras, sendo que subocupação delas é 142,2% superior à dos homens brancos. O levantamento do Centro também revelou que as mulheres negras são minoria entre os trabalhadores que atuam no setor privado (44,6%). Em contrapartida, representam o maior percentual entre os trabalhadores domésticos (17,7%).
FOTO LEGENDA: Adriane Xavier
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico cpweb
Instagram: @caminhopoliticomt
#renunciaemanuel #chicocinquentinha
#renunciestopa #PRISAOparaEMANUELeSTOPAja
#NÃOreelezavereadoresemcuiabá
#FACISTASpoliticosreligiososNÃO
#casadoshorrores #casadamutreta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos