Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

terça-feira, 29 de agosto de 2023

Maçons são homenageados na ALMT

Membros da Maçonaria de Mato Grosso participaram de sessão promovida pelo Parlamento estadual, nesta segunda-feira (28), para entrega de comendas, títulos de cidadão e moções. Requerida pelos deputados Eduardo Botelho (União Brasil) e Wilson Santos (PSD), a solenidade teve como objetivo celebrar o Dia do Maçom, comemorado em 20 de agosto. Os maçons homenageados pertencem ao Grande Oriente do Brasil, Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso e Grande Oriente do Estado de Mato Grosso. Os três grupos reúnem 280 lojas, somando mais de dez mil membros. Para o maçom e ex-deputado estadual Antônio Alberto Schommer, voltar à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) para receber a comenda Marechal Cândido Rondon foi uma oportunidade de reviver a própria trajetória.
“Eu e minha família temos uma história de dedicação a este estado, dentro e fora da maçonaria. Já deixamos muito suor por aqui. É uma honra receber essa homenagem”, disse Schommer. Maçom há mais de trinta anos, ele foi vereador em Rondonópolis, deputado estadual, secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social no governo de Júlio Campos, chefe de gabinete no governo de Jayme Campos e, em seguida, secretário de Estado da Casa Civil.
O grão-mestre do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso, Gelson Menegatti Filho, representou a instituição, homenageada com moção de aplausos em virtude dos trabalhos desenvolvidos para o aperfeiçoamento de seus membros. Ele destacou a participação ativa da maçonaria no desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso. “A primeira loja deste estado data de 1830, ou seja, estivemos presentes no processo de colonização destas terras e aqui permanecemos”, disse Menegatti.
No discurso de abertura da sessão especial, o presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho, falou do comprometimento da maçonaria com os princípios da liberdade, da igualdade e da fraternidade. “Além da dedicação ao aprimoramento pessoal, esses irmãos estão sempre comprometidos com a vida política e com o próximo. Agindo de forma discreta, têm amparado muitas pessoas e servido de inspiração, reunindo homens de diferentes classes e origens”, enfatizou o presidente da Casa de Leis.
A participação da maçonaria em acontecimentos decisivos da história do Brasil foi lembrada pelo deputado Wilson Santos. Ele citou datas, maçons ilustres, fez referência à organização do grupo e ao patrimônio histórico construído ao longo dos anos e abrigado pelas lojas maçônicas de todo o país.
Dia do Maçom - Em Mato Grosso, o Dia do Maçom passou a ser comemorado a partir da lei n° 5.855/1991, de autoria do deputado Moisés Feltrin, sancionada por Jayme Campos, governador à época.
De acordo com pesquisas históricas, a origem da maçonaria data de 1175. A sua forma atual surgiu em 1717, com a fundação da primeira loja maçônica, em Londres. A maçonaria chegou ao Brasil no início do século XIX e as primeiras lojas foram formadas por brasileiros que voltavam da Europa. Foi criado, nessa época, o Grande Oriente do Brasil (GOB), reconhecido pelo Grande Oriente da França.
O dia 20 de agosto é a data de celebração da maçonaria brasileira porque foi o momento da fundação do GOB, com a fusão das lojas Esperança, Comércio e Artes, União e Tranquilidade, em 1822. Seu primeiro grão-mestre foi o patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva. Assim como na independência do país, a ordem maçônica atuou de forma contundente em outros momentos da história brasileira, como na proclamação da República.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
#CALOTEDÍVIDAMILIONÁRIAPREFEITURAdeCUIABÁR$165Milhões
#renunciaemanuel #chicocinquentinha
#renunciestopaRADO #STOPAradoNAmutretagem
#NÃOreelezaVEREADORESemCUIABÁ
#FACISTASpoliticosRELIGIOSOSnunca!
#casadoshorrores #casadamutreta #CASAdosHORRORESedaRACHADINHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos