Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

domingo, 3 de setembro de 2023

RECURSO PARA OBRAS: Documento enviado pela bancada federal ao DNIT desmente ministro Fávaro

Documento encaminhado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), no dia 10 de agosto, comprova que o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, mentiu ao acusar o governador Mauro Mendes e a bancada federal de terem tentado tirar recursos de obras no interior do estado para usar no Rodoanel de Cuiabá. Em vídeo divulgado na última semana, Fávaro afirmou que o grupo havia pedido presencialmente ao ministro dos Transportes, Renan Filho, para retirar recursos das BRs 158, 242 e 080, de forma a viabilizar um novo trecho da obra na Capital.
Porém, o documento enviado ao DNIT (muito antes da reunião ocorrida no dia 24 de agosto) mostra que não houve qualquer solicitação para retirada de recursos das BRs – que já estavam incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) a pedido do governador.
“0 documento de fls. 1-2 (Convenio/Acordo) expõe o valor inicial do convenio de R$ 323.582.183,87 aditada em 2020 para R$ 539.303.639,80, sendo R$ 215.721.455,93 (40%) de responsabilidade do Estado do Mato Grosso e R$ 323.582.183,87 (60%) de repasse do Governo Federal. Do montante de responsabilidade do Governo Federal já foram liberados R$ 73.000.000,00 e faltam repassar R$ 250.582.183,87 [...] Expostos todos estes dados e fatos e certos de que a conclusão das obras do Contorno Rodoviário Norte de Cuiabá (Rodoanel) é também uma prioridade do Governo do Estado do Mato Grosso e do povo mato-grossense, contamos com o valoroso empenho de Vossa Senhoria em viabilizar o remanejamento de recursos para conclusão dessa importante obra”, diz trecho do documento, que em nenhum momento cita retirada de recursos das rodovias do interior.
O documento foi assinado pelos senadores Jayme Campos, Mauro Carvalho e Margareth Buzetti e pelos deputados federais Abílio Júnior, Amália Barros, Coronel Fernanda, Coronel Assis, Gisela Simona, José Medeiros e Flavinha Rodrigues.
Parlamentares desmentem ministro
Além do documento oficial, a bancada federal também confirmou a mentira do ministro. À imprensa, o senador Jayme Campos confirmou a reunião com o ministro, mas deixou claro que não existiu nenhum pedido para retirar recursos de obras prioritárias.
“A conversa teve, mas não com o intuito de tirar os recursos das BRs. É para remanejamento, caso contrário o dinheiro poderá ser alocado para outros estados”, explicou.
O fato foi confirmado pelo senador Mauro Carvalho: “Em nenhum momento a bancada federal e o governador Mauro Mendes pediram isso que o Fávaro falou no vídeo. Ao contrário, pedimos ao ministro a manutenção dos recursos e a liberação das licenças ambientais para viabilizar essas BRs”.
Também presente na reunião, o secretário-chefe da Casa Civil Fábio Garcia, que é deputado federal, lamentou a mentira espalhada pelo ministro Carlos Fávaro.
“Quanta desinformação e quanta mentira. Nós pedimos ao ministro mais recursos, mais dinheiro, para fazer o contorno de Cuiabá, cuja licença ambiental está pronta e a obra pode iniciar ainda este ano”, criticou.
A deputada federal Gisela Simona repôs a verdade sobre a situação.
“Fomos buscar recursos orçamentárias para a conclusão das obras do Rodoanel que liga Cuiabá a Várzea Grande. Tivemos a garantia do ministro dos Transportes que as obras das BRs 158, 242 e 080 estão garantidas pelo PAC. Essa fala do ministro Fávaro mostra que, inclusive, está isolado junto ao Governo Federal, pois poderia ter se informado junto ao ministro Renan Filho”, ponderou.
A mentira do ministro da Agricultura também foi repudiada pelo deputado federal José Medeiros.
“Isso é cortina de fumaça do ministro porque está com os dias contados em Brasília. Está mentindo com toda a certeza”, declarou.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
#CALOTEDÍVIDAMILIONÁRIAPREFEITURAdeCUIABÁR$165Milhões
#renunciaemanuel #chicocinquentinha
#renunciestopaRADO #STOPAradoNAmutretagem
#NÃOreelezaVEREADORESemCUIABÁ
#FACISTASpoliticosRELIGIOSOSnunca!
#casadoshorrores #casadamutreta #CASAdosHORRORESedaRACHADINHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos