Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

quinta-feira, 21 de setembro de 2023

Saneamento ineficaz cria falta de segurança hídrica e afeta produção de alimentos e qualidade de vida nas cidades

A condição de Mato Grosso como celeiro do mundo é negativamente afetada pelos desafios atuais a serem enfrentados em relação ao saneamento básico. Os problemas existentes relacionados à captação e distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto, além dos resíduos sólidos criam um quadro que inviabiliza a chamada segurança hídrica, que afeta não apenas os produtores rurais, mas a população que vive nas cidades.
Neste sentido, um dos importantes avanços trazidos pelo Marco Legal do Saneamento é o incentivo à regionalização destes serviços. Para avançar nas discussões do tema, em especial na situação da Bacia do Sepotuba, Tangará da Serra sediará, no próximo dia 28 (quinta-feira), o Seminário da Água, evento que possibilitará o debate sobre estes desafios, além da apresentação de propostas, por parte de especialistas, gestores públicos e representantes da sociedade civil.
Para que a regionalização seja de fato eficiente, é preciso que haja o respeito à autonomia dos municípios, que, conforme a Constituição Federal, possuem a titularidade do saneamento básico, que inclui, além do fornecimento de água e do tratamento e coleta de esgoto, a macrodrenagem e o manejo de resíduos sólidos urbanos.
Secretário Executivo da Associação dos Produtores de Feijão, Pulses, Grãos Especiais e Irrigantes (Aprofir), Afrânio César Migliari ressalta que os produtores rurais dependem cada vez mais da qualidade da água. E isso, explica ele, passa por avanços no saneamento básico nas cidades. Como exemplo, o executivo destaca a questão do esgotamento sanitário que, sem o tratamento devido, gera prejuízos ao meio ambiente e à produção de alimentos.
“Cada vez mais precisamos melhorar o uso da água nas cidades. E isso vale também para a questão do esgoto, já que rios sujos não possuem água de qualidade e isso afeta a produção. A melhoria no saneamento nas cidades representa, entre outras coisas, a melhoria na produção”, salienta.
Migiliari lembra que Tangará da Serra, quinto maior município de Mato Grosso, está entre as prioridades da Aprofir, que tem atuado para melhorar a qualidade da água e, por consequência, a segurança hídrica. Para ele, é de fundamental importância que a região na qual o município está inserido, a Bacia do Rio Sepotuba, precisa avançar como um todo para obter os resultados necessários.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
#CALOTEDÍVIDAMILIONÁRIAPREFEITURAdeCUIABÁR$165Milhões
#renunciaemanuel #chicocinquentinha
#renunciestopaRADO #STOPAradoNAmutretagem
#NÃOreelezaVEREADORESemCUIABÁ
#FACISTASpoliticosRELIGIOSOSnunca!
#casadoshorrores #casadamutreta
#CASAdosHORRORESedaRACHADINHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos