Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

domingo, 26 de novembro de 2023

Hamas liberta terceiro grupo de reféns

Lista de 17 pessoas inclui 14 israelenses e três tailandeses. Em troca, Israel libertou 39 prisioneiros palestinos. O Hamas libertou na tarde deste domingo (26/11) o terceiro grupo de reféns, sendo 14 israelenses e três tailandeses. Da mesma forma que nos dois dias anteriores, o grupo foi entregue à Cruz Vermelha Internacional.
Desta vez, a lista de libertos incluiu uma pessoa com dupla nacionalidade – israelense e russa –, como um gesto do Hamas para o Kremlin.
Em troca, Israel libertou 39 prisioneiros palestinos.
O acordo entre Israel e o Hamas foi intermediado por Catar, Egito e Estados Unidos e prevê uma trégua de quatro dias nos combates para a troca de 50 reféns israelenses por 150 prisioneiros palestinos, além da entrada diária de 200 caminhões de ajuda humanitária na Faixa de Gaza.
Na sexta-feira, o primeiro dia da trégua, o Hamas libertou 13 reféns israelenses – além de dez tailandeses e um filipino – enquanto Israel soltou 39 prisioneiros.
No sábado, após sete horas de atraso e de acusações do Hamas de que Israel estaria violando o acordo, mais 13 reféns israelenses – cinco mulheres e oito crianças – e quatro tailandeses foram soltos.
Em 7 de outubro, combatentes do grupo radical islâmico Hamas cruzaram a fronteira da Faixa de Gaza com Israel e mataram 1.200 pessoas, sequestrando cerca de 240, segundo números do governo israelense. O ataque deu início ao atual conflito na Faixa de Gaza.
Netayahu visita a Faixa de Gaza
Também neste domingo, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netayahu, esteve na Faixa de Gaza pela primeira vez desde o início do atual conflito.
Ele garantiu que suas tropas retomarão a ofensiva após o cessar-fogo até que o grupo radical seja "eliminado".
"Temos três objetivos para essa guerra: eliminar o Hamas, recuperar todos os nossos reféns e garantir que a Faixa de Gaza não se torne novamente uma ameaça ao Estado de Israel", declarou Netanyahu, que percorreu um túnelo do Hamas.
O local exato em que Netanyahu esteve na Faixa de Gaza não foi divulgado, mas foram publicadas fotos e um vídeo do primeiro-ministro usando capacete e colete à prova de balas em meio às tropas israelenses.
"Continuaremos até o fim, até a vitória. Nada nos deterá e estamos convictos de que temos o poder, a força, a vontade e a determinação para atingir todos os objetivos da guerra, e nós o faremos", acrescentou, de acordo com um comunicado do seu gabinete.
le (AFP, EFE)Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos