Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sexta-feira, 10 de novembro de 2023

Made in China: Empresários de Mato Grosso apostam no mercado chinês para a compra de insumos tecnológicos

Importações não se restringem às grandes indústrias e atendem também pequenos e médios. Missão Técnica agiliza negócios internacionais. De todas as compras internacionais adquiridas pelas empresas mato-grossenses neste ano, aproximadamente 20% vieram da China. A atenção voltada para o mercado chinês, que leva a fama de ‘fábrica do mundo’, fez com que o país se tornasse o principal fornecedor de insumos para Mato Grosso, somando US$ 544 milhões e 1,2 milhão de toneladas de importação entre janeiro e outubro de 2023.
Destacam-se produtos agroquímicos (US$ 245 milhões) e fertilizantes (US$ 214 milhões), de acordo com dados extraídos do BI de Diplomacia Empresarial da Gerência de Internacionalização da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt). No entanto, é enorme a diversidade oferecida pelas indústrias chinesas, conforme estudos, o país possui a maior produção de mais de 40% dos 500 principais produtos industriais do mundo.
Os laços comerciais entre empresas mato-grossense e chinesas são estreitados em viagens de negócio como a Missão Técnica Internacional Ásia 2023, realizada nesse início de novembro. Autoridades e empresários de Mato Grosso estão focados em firmar parcerias e consolidar ainda mais o que já vem dando certo: relações internacionais aquecidas.
“Eu vim prospectar para minha empresa matérias-primas como por exemplo, tecido, mecanismos com tecnologias, produtos químicos para produção de espumas”, conta o empresário do segmento de móveis, Ayres dos Santos. Ele e outros 18 industriais de nove segmentos de Mato Grosso participam de uma delegação da Fiemt que está visitando pontos importantes comerciais da China e Índia.
Ayres já adquiriu uma máquina que otimiza o corte de tecidos em até 50 jogos por vez. “Vim comprar máquinas mais modernas, robotizadas para corte de tecidos, máquina de bordar tecidos. A China oferece equipamentos com muita tecnologia que permite um desenvolvimento interessante para a minha empresa”, acrescentou o empresário.
Para o presidente do Sistema Fiemt, que também participa da Missão, Silvio Rangel, as importações de produtos com tecnologia agregada permite o diferencial das empresas na concorrência do mercado interno. “É uma passagem sem volta a busca por tecnologia agregada a produção, sendo uma das principais formas de se tornar mais competitivo”, disse.
De acordo com ele, parcerias com a que foi estabelecida entre a Fiemt e a Associação das Empresas Brasileiras na China (Bracham) fortalecem o desenvolvimento mútuo econômico e industrial, funcionando como um contrato preliminar para futuros acordos comerciais e facilitando negócios internacionais.
Outro ponto importante é que as importações não se restringem as grandes
indústrias. Pequenos e médios empresários do Estado também já aprenderam o caminho para o mercado chinês. Luís Desidério, dono de uma fábrica de alimentos em Cuiabá, está fazendo a importação da China de uma nova máquina para fazer sucrilhos (cereais matinais), se tornando a primeira indústria do estado a produzir tal produto.
Atualmente a empresa possui 371 produtos, em 16 linhas de produção, como grãos, especiarias, molho, chocolate, farináceos, aveia, geladinho, refresco em pó, tempero em pó, tempero pasta, creme, sal parrilla, pipoca doce, salgadinho, biscoito de polvilho e sequilhos.
Exportações – As exportações mato-grossenses para a China totalizaram US$ 11,5 bilhões no acumulado do ano de 2023 (janeiro a outubro). Tais valores foram responsáveis por posicionar a Mato Grosso a posição de 3º principal fornecedor brasileiro de produtos para o mercado chinês, com 13,56% de participação do total.
Dos principais produtos da indústria de transformação exportados para o mercado chinês estão a carne bovina (US$ 1 bilhão), óleo de soja (US$ 66 milhões) e o glicerol (US$ 13 milhões). No acumulado de 2023, as exportações de mercadorias industriais exportadas de Mato Grosso para China, somaram mais de US$ 1,13 bilhão.
Assessoria/Caminho Politico
@cpweb @caminhopoliticomt
Curta o instagram: caminhopoliticomt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos