Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

terça-feira, 5 de dezembro de 2023

CULTURA E TURISMO: Condutores e Guias recebem capacitação de normas para trilhas do Caminhos de Sant’Anna

Além da Trilha Tope de Fita, existem a do Vale da Benção e Matão, por exemplo, que serão um novo produto para a Economia Criativa, ao Turismo e da Fé, com diversas atividades. A rota do projeto “Caminhos de Sant’Anna” está prestes a ser concluída e tornar os passeios Cuiabá Morro Acima e Morro Abaixo, além de atrativos, mais seguros, com a capacitação de guias e condutores conforme as Normas Técnicas da ABNT. O Instituto Inca-Inclusão, Cidadania e Ação está realizando um workshop de dois dias, com instruções teóricas e práticas, a partir da Trilha Tope de Fita, para depois realizar os ajustes necessários, tal como a estruturação e a organização potencializada com Pórticos de Entrada e Saída, Sinalizações Permanentes: Indicativas, Históricas, Turísticas, Alertas de Perigo, Observação da Flora e Fauna.
Além da Trilha Tope de Fita, existem muitas outras: a do Vale da Benção e Matão, por exemplo. A ideia é potencializar a Cultura, a Religiosidade com a criação do “Roteiro da Fé”, que visa mapear as Festas de Santo que acontecem na região, abraçando a Cavalgada, a Economia Criativa, o Turismo como um todo, de Aventura, Contemplativo, Rural e da Agricultura Familiar, nas bordas da Chapada, denominado Cuiabá Morro Acima (subida para Chapada), abrangendo a comunidade Rio dos Médicos e o São Jerônimo; e Morro Abaixo (descida de chapada para Cuiabá) utilizando o Vale da Benção, o Matão e o Tope de Fita, fazendo a mesma trilha usada no evento Romaria de Sant’Anna.
A capacitação dos guias e condutores iniciou nesta segunda-feira (04.12), na sede do Instituto INCA, em Cuiabá, com o auditor e consultor em Sistema de Gestão da Segurança e instrutor de Normas Técnicas de Turismo de Aventura e Ecoturismo, Brasilio Ataide Neto, em parceria com o consultor técnico da Emaper, Geraldo Lúcio, das Associações das Comunidades Rio dos Médicos, Coxipó do Ouro e São Jerônimo, e da equipe de coordenação do projeto Caminhos e Sant’Anna. Nesta terça (5) a aula segue na prática.
“O Instituto INCA está preparando para que esses profissionais façam o acolhimento correto e nós teremos mais um produto turístico super importante na região de Cuiabá e Chapada dos Guimarães. A trilha é uma das mais movimentadas do Centro Oeste, porque a beleza dali é espetacular. E dizer que não estou sozinho nisso. Tem também o meu colega, parceiro de emenda, deputado Eduardo Botelho, e que já fez a trilha conosco. Nós temos fornecido os recursos financeiros e faremos o tanto quanto for necessário. Depois que ela for entregue vai falar por si só”, destaca o deputado estadual Wilson Santos.
A duas etapas do projeto Caminhos de Sant’Anna contam com o patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio de emendas parlamentares impositivas dos deputados estaduais Wilson Santos e Eduardo Botelho, via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).
Após concluída essa nova formatação do Caminhos de Sant’Anna, que comportará diversas atividades, a administração da Trilha será feita pela Associação da Comunidade Rio dos Médicos, estabelecendo Normas Técnicas de Segurança a serem executadas em um padrão de excelência.
“Com um foco central na segurança dos turistas e daqueles responsáveis pela orientação, esta capacitação foi estruturada em dois formatos distintos. Inicialmente, priorizamos a transferência de conhecimentos teóricos em conformidade com as normas e requisitos legais. Posteriormente, esse conhecimento será aplicado na prática, especialmente na Trilha Tope de Fita”, explica Brasílio.
Segundo o especialista, o conteúdo abordado neste curso proporcionará aos guias e condutores a habilidade de oferecer o produto Trilha Tope de Fita, garantindo uma experiência mais agradável e segura. Isso será possível por meio do desenvolvimento de mecanismos que vão desde a utilização de equipamentos de segurança necessários até a elaboração de Planos de Contingência para possíveis emergências ou acidentes.
É importante ressaltar que as referidas Normas Técnicas são obrigatórias para a oferta de atividades turísticas, conforme prevê a Lei Geral do Turismo.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos