Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

segunda-feira, 4 de dezembro de 2023

Palestina. “Nosso povo vive na tristeza e na dor”. Comentário de Mahmoud Mushtaha, jornalista palestino

Mahmoud Mushtaha, o olhar do CTXT em Gaza, visita a escola-abrigo Al Karama. 1,7 milhões de pessoas foram forçadas a abandonar as suas casas devido aos bombardeios israelenses.Encontro-me andando dentro de uma escola-abrigo na Faixa de Gaza, a Escola Al Karama, no leste de Gaza. As escolas estão lotadas de pessoas deslocadas, como resultado do intenso bombardeio israelense contra suas casas. Cerca de 60% dos edifícios de Gaza foram destruídos, deslocando cerca de 1,7 milhões de pessoas. A situação na escola é péssima, está superlotada. Não há água potável nem comida. “Estamos entediados e cansados ​​da guerra, não gostamos de guerras". “Precisamos voltar para nossas casas, que estão destruídas neste momento, em vez de ficarmos aqui.”
Ao trauma dos bombardeamentos sofridos pela população junta-se agora o trauma de não ter um local seguro para onde regressar, de não ter uma casa onde se sintam seguros. “Esperamos que os países sejam gentis conosco. Somos um povo oprimido que não tem mais meios de viver. Não temos possibilidade de morar aqui. Se tivéssemos recursos, não precisaríamos de ninguém, mas esperamos que o resto dos países do mundo sejam gentis e nos ajudem. “Nosso povo vive em tristeza e dor.” O velho expressa o que sente, a sua tristeza. Cerca de 50 membros de sua família residem nesta sala de aula. Quase 2.000 pessoas deslocadas estão amontoadas na escola Al Karama sem que as necessidades essenciais sejam atendidas para sobreviver.
O vídeo e o relato são de Mahmoud Mushtaha, da Cidade de Gaza, publicados por CTXT.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos