Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

segunda-feira, 18 de dezembro de 2023

Para Mauro Mendes construção da MT-030 é complexa e não sai do papel em 2024, e promete “guerra” com ICMBio para duplicar MT-251

O governador Mauro Mendes (UB), deve esquentar ainda mais a “guerra” contra o Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), adotando medidas mais duras para solucionar os problemas causados pelo deslizamento de terras nas encontras dos altos morros que fazem parte da paisagem do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.
Durante a entrega da reforma da Praça Dom Wunibaldo neste sábado 16.12, em Chapada, o governador comentou sobre a possibilidade da construção da duplicação de um trecho que liga Cuiabá a chapada. Que ainda não teve seu início por conta dos entraves colocado pelo instituto que administra o Parque Nacional. O projeto não se consolida por conta da proteção ambiental.
O governo do estado vem tentando a muitos meses administrar o Parque, alegando má administração e o descaso do ICMBio para com o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.
Já existe uma lide entre o Instituto e o governo por conta da estadualização do trade turístico. E agora com começou uma nova confusão para poder solucionar os diversos pontos de desmoronamento registrados nos últimos dias em uma das encostas próximo ao Portão do Inferno.
A menos de uma semana o governo de Mato Grosso, decretou emergência na Rodovia Estadual 251, por conta dos impactos causados no local. Inclusive foi proibida o tráfego de caminhões, carretas e alguns ônibus que possa tem mais de 3, 5 toneladas pela localidade, para evitar trepidação e com isso sacudir as encostas causando mais deslizamento.A Secretaria de Infraestrutura realizou um estudo e constatou que vários trechos da rodovia têm problemas de infraestrutura. Principalmente nos trechos 42 ao 48 da MT. Inclusive chegou a manifestar a necessidade da construção de um novo viaduto que corta o portão do inferno, por conta dos riscos de desabamentos.
Para o governador Mauro Mendes existe uma hipocrisia do ambientalismo no Brasil, que impede melhorias na infraestrutura e trafegabilidade nas estradas parques, que impede o turista de ter mais segurança e garantiu que vai engrossar o diálogo contra essas questões envolvendo a “preservação” e a falta de infraestrutura. E que não irá aceitar receber resposta negativa do ICMBio para dar andamento a construção da duplicação da rodovia.
“Tem uma dificuldade muito grande. E nós vamos enfrentar o ICMBio. Não posso admitir essa palhaçada do meio ambiente em dizer em dizer que não posso fazer a duplicação da rodovia porque vai mexer e interferir no meio ambiente do local”. Destacou.
Enquanto não se define medidas mais eficazes contra os deslizamentos, o governo aguarda estudos técnicos para que possa fazer algumas intervenções para minimizar o impacto no local, e evitar graves acidentes. Estuda também a possiblidade de realizar um algum tipo de intervenção nas encostas para evitar novos desmoronamentos, até que ações mais definitivas possam ser construídas.O governador também comentou que sobre a possibilidade da construção da tão sonhada rodovia 030, que ligaria Cuiabá até a cidade de Chapada dos Guimarães dando mais fluxo, e segurança para quem trafega por estrada.
Para Mauro Mendes a construção da MT é uma alternativa, mas que é impossível ela sair do papel ou pelo menos começar em 2024, por conta dos vários estudos de impactos na geografia da região. E mesmo que ela saia do papel a sua construção deve demorar mito.
“É um projeto complexo e difícil”. Ressaltou
O prefeito de Chapada dos Guimaraes Osmar Froner garantiu dar todo apoio ao governo, no que diz respeito as obras e intervenções necessárias para dar infraestrutura e segurança ao turista na região. E que esta disposto enfrentar uma batalha jurídica para que isso possa acontecer.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos