Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sexta-feira, 22 de dezembro de 2023

RASTEIRA NO POVO CUIABANO: VIDA DIFÍCIL - No apagar das luzes, vereadores aprovam aumento do próprio salário

Insatisfeitos com o salário e benefícios recebidos, os vereadores de Cuiabá aprovaram, nesta quinta-feira (21), uma série de melhorias para si e para os secretários da Câmara Municipal. Dentre as melhorias aprovadas pelo parlamento municipal está o aumento do salário dos vereadores, parcelamento de férias e correção do valor da verba indenizatória para os secretários legislativos.
Desta forma, a partir do dia 1º de janeiro de 2024, os vereadores terão um aumento de quase R$ 6 mil, chegando ao salário de R$ 24.754,79. No ano seguinte, isto é, a partir de 1º de janeiro de 2026, o salário saltará para R$ 26 mil.
Para os defensores do aumento, a proposta vai atualizar os vencimentos dos parlamentares. Eles ainda proporam que os contrários devolvam o aumento, caso continuem na Câmara.
Edna Sampaio (PT), Luis Fernando (Republicanos), Michelly Alencar (União) e Maísa Leão (Republicanos) votaram contra o aumento do próprio salário. Contudo, apenas a vereadora petista foi contrária ao aumento da VI dos secretários e chefes de gabinetes, que passará para R$ 8,5 mil. Quanto ao parcelamento das férias, todos os vereadores foram favoráveis. Desta forma, os parlamentares poderão fracionar suas férias.
Fujões
O presidente Chico 2000 (PL) alfinetou os parlamentares que fogem das pautas polêmicas. “Aos vereadores que estão passando mal, vamos chamar o Samu aqui”, se referindo aos vereadores Fellipe Corrêa (Cidadania), Eduardo Magalhães (Republicanos) e Dídimo Vovô (PSB), que segundo os colegas, sempre faltam.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos