Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

AUDIÊNCIA PÚBLICA MT-251: Audiência pública na AL busca soluções para MT-251

A rodovia tem sido fechada diariamente para contenção de rochas.
A Assembleia Legislativa vai realizar na próxima sexta-feira (19), às 9h, audiência pública para discutir os problemas que tem provocado o desmoronamento de rochas do paredão no entorno da MT-251, conhecida como Estrada da Chapada. O problema ocorre desde o final do ano passado no trecho do Portão do Inferno, provocando o fechamento intermitente da rodovia. As principais consequências têm sido o esvaziamento da cidade de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá) que tem no turismo sua principal fonte de renda, bem como a dificuldade de tráfego por parte dos usuários em se locomoverem entre Chapada e Cuiabá por rotas alternativas. No dia 14 de dezembro do ano passado, o Governo do Estado decretou situação de emergência na região do Portão do Inferno, na MT-251, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá. O decreto foi publicado no dia 14 de dezembro de 2023, entre os km 42 e 48 da rodovia. Documento que leva em conta o relatório técnico de avaliação das encostas e as conclusões do parecer técnico da Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil. Ambos classificam o problema como “movimento de massa-queda, tombamento e rolamento de blocos”.
Desde o início de janeiro deste ano, o Governo do Estado está executando obras de contenção no local, mas para isso tem fechado o fluxo de veículos na rodovia pela da manhã. Comerciantes reclamam que a medida traz prejuízos ao comércio, já que por rotas alternativas fornecedores precisam rodar cerca de 200 km para abastecer a cidade, aumentando o custo de frete e o preço final dos produtos. Fator que afasta os consumidores e já implica na demissão de funcionários.
“Queremos discutir junto às autoridades locais, Governo do Estado, geólogos, engenheiros, técnicos do ICMBio – já que a área está dentro de um Parque Nacional e qualquer intervenção precisa de anuência do Governo Federal, comerciantes e moradores para juntos chegarmos à uma solução rápida e viável. O governo já autorizou o asfaltamento de uma rota alternativa pelo distrito de Água Fria, que torna o percurso menor e mais rápido. Além disso, tem o projeto de construção da MT-030 que há 15 anos espera andamento. Tudo isso precisa ser debatido, por isso propomos esta audiência”, explicou o deputado estadual Wilson Santos, requerente do debate.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos