Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

quarta-feira, 27 de março de 2024

NOVO FETHAB: Fábio Garcia busca entendimento com entidades do agronegócio afetadas com o novo Fethab

Uma importante reunião ocorreu na governadoria da Casa Civil de Mato Grosso, na manhã desta quarta-feira,27, com a presença do secretário Fábio Garcia, para discutir um projeto de lei que impacta o setor do agronegócio. O encontro contou com a participação de representantes da famática Prosoja, bem como de outras entidades, como a AMPA e o CIPEM, todas afetadas pelo projeto em questão.
Atualmente o projeto de lei nº 138/2024. Visa garantir o repasse de 10% do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para essas entidades do agronegócio, porém, Vilmondes Sebastião Tomain, presidente da (Famato)buscou direcionar esse repasse exclusivamente para a entidade.
Outras entidades do setor do agronegócio, manifestaram surpresa e descontentamento com a atitude de Tomain, destacando a falta de comunicação e discussão prévia sobre o assunto. Nos bastidores, há relatos de traição por parte do presidente da Famato, que teria agido sem transparência na articulação do projeto.
Em uma carta endereçada a Vilmondes, os representantes das entidades enfatizaram que essa ação é inadequada e prejudicial aos interesses dos produtores rurais e das próprias entidades representativas das cadeias produtivas do agronegócio. A carta foi assinada por representantes de entidades como o Instituto Mato-grossense do Agronegócio (IAGRO), Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Assossiação Matogrossense dos Produtores de Algodão (AMPA) e (CIPEM)Durante a reunião, as entidades envolvidas buscaram alcançar um entendimento em relação ao projeto de lei, visando chegar a um consenso que seja benéfico para todos os setores afetados. Ficou acordado que as propostas discutidas seriam revisadas internamente por cada entidade, na tentativa de buscar um entendimento conjunto antes da aprovação do projeto pela assembleia legislativa.
O secretário Fábio Garcia destacou que o governo estadual atua como um mediador nesse processo, reconhecendo a importância das entidades do agronegócio para o desenvolvimento de Mato Grosso. Ele ressaltou o compromisso em buscar o melhor entendimento possível para todas as partes envolvidas, visando garantir o equilíbrio e o desenvolvimento do setor produtivo do estado.
Além das discussões sobre o projeto de lei, também foram abordadas questões relacionadas à política partidária, como possíveis mudanças de partido de vereadores em Cuiabá. O secretário enfatizou que as decisões políticas individuais são de responsabilidade dos próprios vereadores, enquanto o partido já definiu sua posição em relação à gestão municipal.
Com essa reunião, o governo de Mato Grosso reafirma seu compromisso em promover o diálogo e buscar soluções que atendam aos interesses de todas as partes envolvidas, visando o desenvolvimento sustentável do agronegócio e do estado como um todo.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos