Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

O MATOGROSSO

O MATOGROSSO
Fatos, Realidade e Interativo com o Público

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

terça-feira, 5 de março de 2024

PREFEITO AFASTADO: “Cuiabá está sem prefeito há anos, essa é a verdade”, afirma Beto Dois a Um

O deputado Beto Dois a Um (PSB) considerou “justa e técnica” a decisão do desembargador Luiz Ferreira em afastar do cargo prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), nesta segunda (4). Segundo o deputado, o afastamento mostra que o Judiciário está atento ao que ocorre na gestão do prefeito, apontado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) como o chefe da organização criminosa que teria desviado recursos da Saúde de Cuiabá.
“Cuiabá está sem prefeito há anos, essa é a verdade. É uma decisão tomada pelo TJ, não é uma questão política, é uma questão jurídica, técnica, haja vista a péssima gestão que vem sendo feita há alguns anos. A Justiça já tinha dado sinais claros de que estava atenta quando fez a intervenção na Saúde, e hoje acho que o copo transbordou e o prefeito está afastado por seis meses. Espero que o vice-prefeito Stopa assuma com uma conduta totalmente diferente da que o prefeito afastado teve”, afirmou o deputado ao comentar o assunto à imprensa nesta segunda (4).
A decisão do desembargador ainda proíbe o prefeito de sair de Cuiabá e de frequentar a Prefeitura e os outros órgãos do município pelos próximos 6 meses.
O afastamento e as restrições impostas pelo desembargador Luiz Ferreira da Silva atendeu ao pedido MPMT e ainda será submetida à análise da Turma de Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). O prefeito tem 15 dias para apresentar o recurso.
Em 2021, Emanuel já havia sido afastado do cargo no âmbito da Operação Capistrum, que investigava contratações temporárias na Saúde em troca de suposto apoio político de vereadores. A operação foi promovida pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO) da Procuradoria-Geral de Justiça.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos