Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

segunda-feira, 17 de junho de 2024

ARTICULAÇÃO POLÍTICA: Em ligação para Fagundes, Bolsonaro diz que vai cobrar questão de passaporte retido de Martinelli

Após a posse da senadora Rosana Martinelli (PL/MT), que assumiu interinamente uma vaga no Senado, no dia 12 de junho, como a segunda suplente do senador Wellington Fagundes (PL/MT), um novo capítulo se desenrolou no cenário político. O ex-presidente Jair Bolsonaro, também do PL, ligou para Fagundes nesta segunda-feira (17/06), para discutir a situação do passaporte de Rosana, que se encontra retido.
Segundo Fagundes, após a repercussão do assunto, tanto no Senado, quanto na imprensa, o ex-presidente manifestou seu compromisso em atuar ativamente para ajudar a resolver essa questão. "Bolsonaro me assegurou que está empenhado em resolver a situação do passaporte da senadora Rosana, inclusive mencionou que está disposto a contatar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD/MG), para agilizar o processo," declarou o senador.
Em seu discurso de posse, Martinelli relatou que sofreu sanções por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) no final do ano passado, como bloqueio de bens e retenção de passaporte, e disse que até o presente momento está impedida de viajar para o exterior em função dessa situação. "Fiquei meses sem saber o porquê de estar sendo punida, inclusive com as minhas contas bloqueadas. Eu fiquei sabendo do passaporte no dia em que eu fui fazer uma viagem internacional, quando a Polícia Federal me retirou do embarque. Então, essa falta de esclarecimento, a falta de acesso à informação foi o pior de tudo", afirmou a senadora.
Bolsonaro destacou ao senador licenciado, Wellington Fagundes, que dará todo apoio à Rosana Martinelli, que por sua vez afirmou que defenderá a anistia aos presos do 8 de janeiro, durante seu mandato. “Nós não concordamos com qualquer tipo de depredação, mas sim com o direito à liberdade de expressão. Jamais podemos abrir mão da nossa liberdade. E concordo que as pessoas que usaram de má-fé sejam investigadas, sejam punidas, mas também não pode ser generalizado do jeito que foi: as pessoas sendo violadas em seu direito da maneira que foi," afirmou a senadora.
Para finalizar, Martinelli declarou: "Eu não tenho relação nenhuma com os atos antidemocráticos de 8 de janeiro de 2023. Eu fui penalizada um mês antes, ainda no ano de 2022."
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos