Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

quinta-feira, 27 de junho de 2024

Medeiros critica decisão do STF sobre maconha: "Desrespeito ao Congresso e ao povo brasileiro"

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (25), de descriminalizar o porte de maconha para uso pessoal, foi alvo de duras críticas do deputado federal José Medeiros (PL-MT). Para o parlamentar, o Congresso Nacional pode ser fechado uma vez que o STF está legislando sobre drogas e qualquer outro tema no Brasil.
“Eu cheguei à conclusão de que podemos fechar as portas da Câmara Federal e do Senado. Um ministro do STF disse que a liberação da maconha não tinha sido definida até agora porque é uma questão complexa. Ou seja, se é complexa, basta 11 ministros do STF decidirem. Então, para que servem os 513 deputados federais e 81 senadores no Congresso? Estão ultrapassando a competência do Congresso Nacional, que é composto pelos representantes eleitos pelo povo brasileiro. A descriminalização não apenas ultrapassa os limites da competência do Legislativo como também traz consequências nefastas para a sociedade brasileira”, disparou Medeiros. Ele completou dizendo que a medida agradou um determinado partido. “No Brasil tem partido que defende a bandidagem sob o pano de fundo de defender a população mais pobre”.
Medeiros, que atuou por mais de 20 anos como policial rodoviário federal, afirmou que a descriminalização do uso da maconha ou a não penalização terá um impacto na saúde pública e na segurança, além de beneficiar o crime organizado. “Teremos um aumento na criminalidade associada ao tráfico de drogas. Essa decisão foi um desrespeito ao Congresso e ao povo brasileiro”, comentou o parlamentar.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos