Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

terça-feira, 4 de junho de 2024

SEGURANÇA: Senadora Margatti Buzetti Destaca Necessidade de Discutir Prisão Perpétua

A senadora Margatti Buzetti falou ao MT Urgente sobre o mais recente crime bárbaro ocorrido em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), onde mais uma mulher foi vítima de feminicídio. Na noite de domingo (2), no bairro Parque das Araras, uma mulher foi morta e degolada pelo namorado. O corpo da vítima foi arrastado por uma motocicleta e abandonado em uma valeta, com uma corrente enrolada no pescoço.
A senadora comentou sobre o crime horrível, destacando a gravidade e a urgência em combater esse tipo de violência. “É inadmissível que continuemos a testemunhar tais atrocidades contra mulheres. O feminicídio é uma ferida aberta em nossa sociedade e precisa ser tratado com a máxima seriedade,” afirmou Buzetti.
Margatti Buzetti também mencionou o Projeto de Lei 4266/23, de sua autoria, que visa transformar o feminicídio em um crime autônomo. “Essa mudança agravará a pena dos atuais 12 a 30 anos para 20 a 40 anos de reclusão, sem a necessidade de qualificá-lo para aplicar penas mais rigorosas,” explicou a senadora.
A proposta está em tramitação e sendo analisada pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara. “É fundamental que o Congresso assuma sua responsabilidade na luta contra a violência às mulheres. Não podemos permitir que mais vidas sejam ceifadas sem uma resposta firme e adequada da legislação,” ressaltou Buzetti.
Além disso, a senadora destacou a necessidade de discutir a prisão perpétua. “Não sei se neste governo ou no próximo, mas precisamos discutir a possibilidade de prisão perpétua para crimes de feminicídio. A impunidade não pode prevalecer,” concluiu a senadora. “A pessoa como essa não tem solução. Ele tinha que ficar fechado o resto da vida; aí ele iria pensar antes de fazer.”
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos