Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

quarta-feira, 10 de julho de 2024

Max Russi foi essencial para o Marco Regulatório dos Agentes de Saúde e de Endemias

Parlamentar tem vida política focada em ações que buscam a efetivação da categoria e todas as cidades de MT. O deputado Max Russi (PSB) é pioneiro em ações para efetivar agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias, ACSs e ACEs, no estado. Considerado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) como peça fundamental na implementação do marco regulatório, que assegura direitos da categoria, o parlamentar tem focado sua atuação política na construção de medidas que concretizem as garantias, asseguradas a esses profissionais.
Russi, quando prefeito de Jaciara, foi um dos primeiros gestores municipais a efetivar os ACSs e ACEs. Já como deputado, em 2017, se licenciou e assumiu a Secretaria de Trabalho e Assistência Social, hoje a Setasc, onde promoveu a inclusão dos agentes de saúde no recebimento de auxílio financeiro do programa Pró-Família, transformado atualmente em Ser Família.
Dessa forma, foi criada a concessão mensal de auxílio-alimentação, no âmbito do programa social, através do Substitutivo Integral ao Projeto de lei n.º 01/2023 do Executivo Estadual, onde os ACSs e ACEs recebem auxílio de R$ 200, para fortalecer os trabalhos de levantamento das famílias em situação de vulnerabilidade.
Já em 2019, o deputado foi autor da proposta que criou a Câmara Setorial Temática, que debateu a qualificação técnica desses profissionais.
Logo depois, a CST criou o curso Técnico em Agentes Comunitários de Saúde (TACS), que entre 2021 e 2022 formou, gratuitamente, 3.301 agentes no estado. Quando presidiu a Assembleia Legislativa, Max abriu diálogo com o TCE na busca de prerrogativas legais para a efetivação da classe, a partir da aplicação da Emenda Constitucional n.º 51, de fevereiro de 2006.
No ano passado, a Câmara Setorial se tornou Frente Parlamentar e, após isso, foi criada Mesa Técnica no Tribunal de Contas, para regulamentação da classe, como efetivação, adicional de insalubridade e Plano de Cargos e Carreiras.
“Desde quando conheci mais afundo o trabalho desses profissionais, os considero a ponta da lança da saúde pública. Assegurar esses direitos é uma luta que venho travando no decorrer de minha história política. Em meu gabinete tenho um setor exclusivo, só para cuidar dos problemas dos agentes de saúde e combate a endemias. Hoje vejo que estamos no caminho certo, fortalecendo ainda mais a garantia dos direitos dessa categoria, fundamental para a nossa sociedade”, destaca Max Russi.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos