Cuiabá Humanizada

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

Campanha Nacional de Doação de Órgãos

Campanha Nacional de Doação de Órgãos
SES realiza campanha "Setembro Verde" para captar doadores de órgãos

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

Prefeitura de Cuiabá - Mutirão da Conciliação Fiscal

segunda-feira, 26 de junho de 2017

"Prefeito e Agência Metropolitana discutem projeto para evitar despejos de esgotos no Rio Cuiabá"

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, recebeu nesta sexta-feira (23), no Palácio Alencastro, a presidente da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá ( Agem/VRC), Tânia Matos, para a apresentação oficial do projeto “O Grande Rio Cuiabá”, cujo objetivo é preservar, conservar e recuperar o principal rio da região. Em Cuiabá, são quatro pontos de esgotamento que caem diretamente in natura no rio: córregos da Prainha, Mané pinto, Gambá e Barbado, além de outros dois em Várzea grande. De acordo com a presidente da Agem, é preciso construir soluções para tratar questões ligadas a esse despejo dos córregos, já que este é um projeto de lazer e turismo que visa cuidar e levar as pessoas à vivência com o rio.

“A partir do momento que estamos mais próximos do rio, passamos a querer cuidar e consequentemente coibirmos a poluição. De certa forma, este projeto faz com que as questões ligadas ao saneamento aconteça. Sabe-se que existe um grande problema ligado ao assoreamento na Cidade industrial e em Cuiabá não está tanto. Eu sei que esse projeto acaba forçando que outras ações de esgotamento sanitário aconteça também”, pontuou Tânia.

O projeto que é de autoria do Governo do Estado para presentear os 300 anos da capital mato-grossense e toda a região metropolitana. O prefeito já sinalizou interesse no Cais do Porto e São Gonçalo Beira Rio.

“Tenho alguns projetos nesse sentido para os 300 anos, aqui na Orla do Porto e também São Gonçalo Beira Rio. O projeto do Cais, já foi passado para nós, inclusive já temos dinheiro em caixa e já estamos licitando. O governador Pedro Taques já nos repassou o dinheiro para fazer o projeto em parceria. Temos quase 15 milhões em caixa para execução”, disse.

Pinheiro sugeriu a participação direta com a Agem neste projeto para alinhar os interesses para Cuiabá.

Repórter: Andressa Sales
Foto: Tchélo Figueiredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário